A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

04/07/2013 08:49

Antiga rodoviária pode voltar a ser terminal de transporte no Centro

Jéssica Benitez
Semy mostre projeto e aponta locais que terão corredores exclusivos para ônibus (Foto: Cleber Gellio)Semy mostre projeto e aponta locais que terão corredores exclusivos para ônibus (Foto: Cleber Gellio)

Cogitado para se fortalecer como centro comercial, empresarial e até mesmo virar a nova Câmara Municipal de Campo Grande, o prédio da antiga rodoviária pode acabar voltando a abrigar ônibus e passageiros, conforme antecipou o secretário da Seinthra (Secrataria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, ao Campo Grande News na manhã desta quarta-feira.

O responsável pela pasta disse que ao realizar levantamento para definir onde seriam os quatro novos terminais de integração de ônibus previstos no projeto de Mobilidade Urbana do Poder Executivo, que já está tramitando no Legislativo, ficou evidente a necessidade de um terminal central para desobstruir o fluxo de passageiros no centro da Capital.

Desta forma, duas possibilidades abordadas é a aplicação definitiva de um terminal na Praça Ary Coelho, como ocorre atualmente de forma paliativa, ou reformar antiga rodoviária para que ela volte a ter a função de abrigar o transporte coletivo municipal. Para Semy esta seria uma boa opção uma vez que não há muitas vagas de estacionamento no local o que impede que o espaço seja aproveitado para outros fins.

“Isso ajudaria a revitalizar o imóvel até mesmo porque lá tem o problema do estacionamento. Só tem 39 vagas para toda a estrutura, além disso, algumas áreas já são do município, então a Agetran (Agência de Trânsito e Transporte) está estudando a possibilidade”, revelou.

Celeridade – O projeto de Mobilidade Urbana terá como foco principal a melhora no transporte público, principalmente no que tange o tempo que os usuários levam para chegar de um local ao outro. Segundo levantamento do plano diretor da pasta, cada ônibus anda, em média, 21 quilômetros por hora. “Essa mesma quilometragem pode ser feita em 10 minutos por uma moto”, exemplificou Semy.

Para minimizar a demora, o projeto prevê a construção de quatro novos terminais em Campo Grande, nos bairros: São Francisco, Parati e Tiradentes, além de outro na região do Cafezais (próximo ao Jóquei Clube). O Morenão será reformado e ampliado. O restante já existente passará por manutenção.

A matéria também garante a implantação de corredores exclusivos para ônibus em todas as regiões da cidade. Um será direcionado do Centro ao Aero Rancho, pegando a Brilhante, depois a Marechal Deodoro, seguindo a Avenida Gunter Hans até o terminal do bairro. Na volta o trajeto pega novamente a Gunter Hans, segue a Bandeirantes até chegar ao Centro.

Outro corredor exclusivo irá até o terminal Nova Bahia, começando pela rua Bahia, depois Coronel Antonino e em seguida pela Avenida Assaf Trad. A volta inclui a Assaf novamente e depois a rua Alegrete. No centro os corredores que já existem, na Calógeras, 13 de Maio e Rui Barbosa, serão revitalizados. “Em todas as vias que houver corredor nós vamos recapear a pista inteira”, disse o secretário.

Cerca de 500 pontos de ônibus serão cobertos. Semy acredita que, após aprovação dos vereadores, os recursos oriundos do empréstimo com o Governo Federal, no valor de R$ 120 milhões, devem ser liberados até setembro. Em outubro as licitações serão abertas para que no início de 2014 as obras estejam em andamento com finalização prevista para 2016.

Além dos R$ 120 milhões emprestados, o projeto conta com R$ 56 milhões do Orçamento Geral da União, por meio da segunda fase do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). “Este valor já está liberado”, finalizou Semy. Se aprovada, a dívida deve ser quitada em 240 meses (20 anos) e terá juros equivalente a 6% ao mês.

Local já serviu de terminal central para ônibus (Foto: Cleber Gellio)Local já serviu de terminal central para ônibus (Foto: Cleber Gellio)
Semy afirma que obras de mobilidade urbana iniciam em janeiro de 2014
O secretário da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz afirmou que as obras de mobilidade urbana em C...
Maioria dos leitores quer que Câmara funcione na antiga rodoviária
A maioria esmagadora dos leitores do Campo Grande, que participaram da enquete da semana passada, apoia a mudança da Câmara de Vereadores para o préd...


Seria muito bom ter uma linha de ônibus que fizesse a Orla morena e fossem aos terminais, quem trabalha nessa região do cabreúva, planalto fica sem opção de ônibus e muitas vezes tem que seguir a pé ate o centro para pegar seus ônibus.
 
Regina Gomes em 05/07/2013 11:25:42
A PREFEITURA TEM QUE PARAR SÓ DE FALAR E PROJETAR E FAZER!!
 
Paulenir de Barros em 04/07/2013 19:49:43
Semy Ferraz inclui a retirada das duas linhas de ônibus da 14 de julho fazendo virarem na 7 de setembro e seguindo a Rui Barbosa, e também a colocação de sinaleiro dois tempos cruzamentos da Rua Dom Aquino e 14 de julho hoje a tarde estava um sufoco para pedestre e motoristas.
 
Márcia Cristina Tomas em 04/07/2013 19:20:02
Parabéns, revitalizado com certeza será uns dos melhores, como transbordo dos Ônibus. Fico na torcida que de certo.
 
cleuza pedrosa em 04/07/2013 17:26:45
21 km em 10 minutos??? desde quando criaram uma highway em Campo Grande?? porque a velocidade para andar 21 km em 10 minutos tem que ser no mínimo de 120 km/h
 
JOAO CLOVIS em 04/07/2013 17:10:28
e importante voltar ser novo terminal,municipail e intermunicipal.pois onde esta a nova rodoviaria intermunicipal nao tem ligaçao c a municipal, dificultaqndo aos usuario.
quando preciso ir pra viajar,tenho q pagar um taxi,isso so encarece ainda mais o custo do transporte.precisa de um trabalho bem feito,bem penssado.isso e caso de protesto.
 
pedro sidnei em 04/07/2013 16:02:11
Sugiro que coloquem linha executiva diretamente com a nova rodoviária(com veículos direto p/ a nova) de ida volta de hora em hora e com tarifa diferenciada.
 
Antonio Marques em 04/07/2013 15:18:43
Acredito sendo uma ótima opção,mas acredito também que poderíamos abrigar outros setores públicos ex; pratico,pois espaço temos de sobra,Sr. Semy pelo menos ouze ouvir a população e depois tome as suas decisões em acordo com o povo,pois o povo é que tem que opinar sobre o que é melhor para nós.A cidade esta crescendo e nós queremos participar de todas as decisões tomadas pelo poder público.
 
EVANGELISTA LAURINDO FERREIRA em 04/07/2013 13:25:09
Olha adorei a ideia mas, antes de tudo a prefeitura deve executar nos tramites legais os impostos atrasados por parte desses especuladores que se intitulam donos de parte da rodoviária. Gente sem noção que fica jogando a responsabilidade de sua ineficácia empresarial no poder público. Se eu devo dois anos de imposto sou ajuizado e essa gente pode ficar anos na inadimplência e tudo bem? Poder publico deve tomar conta daquele espaço para dar serviços de qualidade ao povo da cidade.
 
Edgar Monteiro em 04/07/2013 13:14:58
Aquele espaço nunca deveria ter sido abandonado!... Vai saber os verdadeiros interesses dos políticos, que esqueceram aquele prédio - logisticamente centralizado e preparado para qualquer tipo de iniciativa social e empresarial. Os Poderes Públicos precisam encontrar uma destinação urgente para a antiga rodoviária...
 
Jôni Coutinho em 04/07/2013 12:39:02
COLOCA PARA SER A RODOVIÁRIA PARA OS ÔNIBUS
QUE VEN DO INTERIOR. AI SIM TUDO VAI FUNCIONAR
NOVAMENTE
 
Jaime Cerqueira em 04/07/2013 12:20:14
Até que apareceu uma boa idéia!
 
Alcenair Nobre Costa em 04/07/2013 12:07:36
Ótima idéia? Não houve melhor idéia até agora que a transferência da câmara para a antiga rodoviária! Campo Grande merece avançar, mas esses políticos eleitos só querem retroceder! Pra "eles" trabalharem no prédio antigo, é inviável e vai ter muito gasto, mas pra "entulhar" a população lá, o local é "perfeito", "ótimo"! Eles querem trabalhar em um prédio novinho, em um bairro nobre, perto de suas casas... ou seja, querem manter o padrão de vida deles enquanto a população mantém o dela! Faça-me o favor! E tem gente que ainda apoia isso! Tsc tsc tsc.
 
Ricardo Franco em 04/07/2013 12:06:11
Parabéns Semy agora só falta os vereadores aprovarem.
 
Diego Souza em 04/07/2013 11:56:25
Putz... o objetivo era retirar de lá pra acabar com os marginais e usuários de drogas que ficavam aos redores... vai voltar tudo novamente??? novas reclamações de assuntos antigos... isso mesmo pessoal... vamos bater palmas pra mais um problema que não vai ser resolvido... É uma palhaçada mesmo!!!
 
Marcio Cavanha em 04/07/2013 11:47:44
Muito boa a ideia,vai ajudar muitos usuarios do transporte coletivo,mas não deve ser esquecido a bandidagem e prostituição que poderá voltar a agir no local,e que ainda restam alguns.
 
Teresa Moura em 04/07/2013 11:46:38
e os dogueiros?????????????? ah! quem se importa, né?
 
andre vilalba em 04/07/2013 11:01:58
Mas demorou para perceber que o ideal seria um terminal de apoio hein, podiam até fazer como há em São Paulo, os passageiros de ônibus intermunicipais podem pegar na antiga rodoviária e os interestaduais na nova, Ribeirão Preto tem um sistema semelhante.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 04/07/2013 10:37:56
Muito boa ideia que tiveram, pois precisamos, sim, desafogar o nosso transito, sem falar que a antiga rodoviária está precisando com uma certa urgência ser revista para algo público, pois se tornou palco de prostitutas e drogados.
Super aprovado esse projeto e na torcida para que saia o mais depressa possível do papel.
 
Stephanie Espinoza em 04/07/2013 10:26:03
NÃO CREIO QUE DEPOIS DE TEMPOS ESSA RODOVIÁRIA ATE AGORA CONTINUA SEM RUMO À CÂMARA DE NOSSOS REPRESENTANTES ONDE OBVIO IRIA VALORIZAR A REGIÃO DE CERTA FORMA...JÁ QUE FACULDADE TBM NÃO SERA MAIS...E AGORA VEM ESSA DE SER TERMINAL COMO ANTES ??? UM ABSURDO VOLTAR COMO ERA OU COMO ESTA AGORA... É A PARTE CENTRAL DA CIDADE E MERECE RESPEITO TEM QUE TER UM RUMO CERTO.
 
Ana Paula Mattos em 04/07/2013 10:22:06
ótima a ideia até um certo ponto, aonde o povo do lanche vai se instalar? porque eles foram praticamente expulsos da avenida afonso pena, e agora iram pra onde? temos que pensar em tudo isso.
 
Leticia Diaz em 04/07/2013 10:10:43
Uma vergonha a prefeitura pegar este dinheiro emprestado.. Temos grandes obras há 16 anos com verbas próprias e dinheiro de projetos federais.. para que emprestar 120 milhões para pagar em 20 anos com 6% ao mês de juros.. Temos q mobilizar uma manifestação e ir para as ruas todos os dias para evitar este desastre para Campo Grande!!! Acordem Campo-Grandenses.. Vamos para as ruas, pois nosso prefeito não está satisfeito em acabar com nossa cidade atualmente.. ele quer acabar com a cidade por 20 ANOS!!!!!!!!!!!!!!
 
Antonio Carlos Silva em 04/07/2013 10:04:58
Sugiro o uso da antiga rodoviária como casa do cidadão. O local é amplo, bem localizado de fácil acesso. Com reformas pode muito bem atender a população em suas necessidades no relacionamento com a Prefeitura, incluisve, abrigando alguma Secretaria.
Quanto a casa do cidadão, pode virar futura Câmara de Vereadores, afinal o pessoal é mais chique que a população, daí eles ficariam satisfeitos.
 
José Carlos em 04/07/2013 09:46:47
E aí vai continuar aquela baderna ao redor, com viciados, prostitutas, etc! afeeeeee
 
Juçara Rosa em 04/07/2013 09:12:37
E aí vai continuar aquela baderna ao redor, com viciados, prostitutas, etc! Afeeeeeeeee
 
Juçara Rosa em 04/07/2013 09:11:51
ótimo, foi a melhor ideia que já surgiu para esse espaço, parabéns samy!
 
felix filho em 04/07/2013 08:56:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions