A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/04/2014 14:40

Após vaias, prefeito anuncia aumento e é aplaudido por professores

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Prefeito anunciou reajuste e foi aplaudido pelos professores na ACP (Foto: Marcelo Victor)Prefeito anunciou reajuste e foi aplaudido pelos professores na ACP (Foto: Marcelo Victor)

Vaiado ao chegar na reunião dos professores de Campo Grande, o prefeito Gilmar Olarte, saiu ovacionado pela classe ao anunciar reajuste de 18,33% a partir de maio deste ano. Ele anunciou,na tarde de hoje (30) na ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública), que vai cumprir a Lei 5.489/2013 e aumentar o salário do magistrado.

A reunião começou tensa, já que os docentes tinham a informação de que havia o risco do reajuste, previsto na lei, ser escalonado em decorrência das dificuldades financeiras do município. Eles chegaram a vaiar o prefeito quando ele chegou para participar da reunião.

No entanto, bastou o chefe do Executivo anunciar o cumprimento da lei para a categoria aplaudi-lo.

Com o anúncio, o professor da rede pública municipal terá salário de R$ 1.564, contra o valor atual de R$ 1.322, a partir de maio deste ano. O novo valor representa 92,2% do piso naciona, de R$ 1.697, definido para jornada de até 40 horas pelo Ministério da Educação.

Após ouvir a proposta de que terão reajuste previsto em lei, professores aplaudiram prefeito (Foto: Marcelo Victor)Após ouvir a proposta de que terão reajuste previsto em lei, professores aplaudiram prefeito (Foto: Marcelo Victor)

Em outubro, conforme a legislação, o valor chegará a 100% do piso. Neste ano, os 5,5 mil professores municipais poderão acumular reajuste salarial de 28,3%.

Olarte afirmou que o mais difícil foi garantir o reajuste neste semestre. Ele assumiu a Prefeitura no dia 13 de março, logo após a cassação de Alcides Bernal (PP).

Os professores perguntaram sobre o reajuste previsto para outubro, se havia risco de não ser concedido. Olarte disse que já está tomando as medidas para elevar a receita e obter caixa para elevar os vencimentos do magistério sem comprometer as finanças do município e desrespeitar a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal).

Na segunda-feira, Olarte afirmou que o reajuste dos funcionários municipais terá impacto de R$ 300 milhões nas contas da prefeitura.

Prefeito chega à reunião da ACP para apresentar proposta de reajuste
O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), participa da reunião com os professores para discutir o reajuste neste ano. A polêmica está em cumpri...
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...


obrigado pelo respeito a categoria dos professores.
 
Alessandra R. Peixoto em 30/04/2014 22:44:07
Olha que maravilha !
Inflacao oficial de 6% ao ano, mas reajuste de 18%.
Parabens professores, agora ve se estudem e ensinem direitinho.
Se a prefeitura já está quebrada, quebrada e meio.
Mas que vai melhorar a aprovacao do Prefeito, isto vai.
 
Reinaldo Paes Sandim em 30/04/2014 19:47:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions