A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/04/2014 14:13

Prefeito chega à reunião da ACP para apresentar proposta de reajuste

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), participa da reunião com os professores para discutir o reajuste neste ano. A polêmica está em cumprir ou não a lei, que determina correção de 18,3% nos salários no próximo mês. A Prefeitura alega falta de condições financeiras para cumprir a medida.

Olarte chegou ao encontro por volta das 14h e foi hostilizado pelos docentes. Ele pretendia escalonar o reajuste, mas a diretoria da ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública) descarta a proposta.

Apesar da reunião por mais de uma hora na manhã de hoje com o chefe do Executivo, o presidente da entidade, Geraldo Alves Gonçalves, não quis antecipar a nova proposta. “O prefeito vai apresentar a proposta aqui”, limitou-se a dizer.

A ACP quer o cumprimento da lei, que prevê o pagamento de salário equivalente a 92,2% do piso nacional no próximo mês (R$ 1.564). O valor chega a 100% em outubro, quando atingirá o piso de R$ 1.697 para jornada de 20 horas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions