A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

20/08/2015 16:36

Bandido ameaçou matar chefe de família após caminhão "apagar" na fuga

Ricardo Campos Jr.
Caminhão foi recuperado na cidade de Maracaju (Foto: divulgação / PM)Caminhão foi recuperado na cidade de Maracaju (Foto: divulgação / PM)

A família mantida refém de bandidos por quase oito horas foi torturada psicologicamente quando o caminhão roubado apagou em Maracaju, a caminho do Paraguai. Segundo informações apuradas pelo Campo Grande News, os assaltantes agrediram e ameaçaram as vítimas exigindo que alguém revelasse como fazer o veículo voltar a funcionar. Quatro suspeitos do crime foram presos na tarde desta quinta-feira (20).

Os envolvidos foram identificados como Jeferson de Souza Batista, 21 anos; Alexandre Gimenes Costa Serafim Mariano, 18 anos; Janderson Soares, 23 anos e Alex Sanderson Gimenes Costa Serafim Mariano, 20 anos.

Ainda não há informações sobre como o grupo foi encontrado. Eles foram levados para a Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), chegaram ao local por volta das 15h30 e devem prestar depoimento. O caso está sob os cuidados do delegado Gustavo Adolpho Bianchi Ferraris.

Roubo – O caso começou por volta das 21h30 de quarta-feira. O caminhoneiro de 43 anos estava em casa com o filho de 7 anos quando escutou os cães latirem. Como já havia se deitado, não quis checar o que estava havendo.

Uma hora e meia depois, o filho mais velho da vítima, de 27 anos, chegou da faculdade e foi surpreendido por uma dupla armada com um revólver. Ele foi rendido junto ao pai e ao irmão.

Instantes depois, a esposa e o terceiro filho do casal chegaram do trabalho e da escola, respectivamente, e já encontraram a família refém. Os cinco foram amarrados e vendados dentro de um quarto.

Sem saber como dirigir o caminhão das vítimas, os assaltantes acionaram os comparsas. Um deles levou o veículo em direção à fronteira com o Paraguai enquanto os outros vigiavam a família. Por volta das 3h, o veículo apresentou problemas. Os bandidos que estavam em Campo Grande receberam uma ligação e ficaram irritados.

Um deles chegou a colocar a arma na boca do caminhoneiro e deu uma coronhada nele. Foi então que os suspeitos decidiram levar o automóvel da família, um Sandero Stepway, que foi carregado com pertences da casa e dinheiro. As vítimas conseguiram se libertar por volta das 6h.



Enquanto isso, nosso ilustre Governador que tanto pediu para comandar nosso Estado, se tornou uma "cópia" de seu antecessor, pois só se investe em pavimentação asfáltica.
Vejam as notícias e comprovaram.
Aqui em meu bairro (Aero Ranhcho), por exemplo, existe uma viatura da PM, por dia, para se policiar uma região com 120 mil habitantes... soma-se a isso, um MPE inerte, temos os uma sociedade a mercê desses vagabundos.
A quem recorrer?
 
TOYOSHI SATO em 20/08/2015 18:40:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions