A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/04/2012 11:23

Casa abandonada vira esconderijo para ladrão e refúgio para usuários de droga

Mariana Lopes

Vizinhos reclamam também de matagal e foco de dengue nos fundos da residência

Casa abandonada estava em reforma e está aberta (Foto: Pedro Peralta)Casa abandonada estava em reforma e está aberta (Foto: Pedro Peralta)

Na rua João Francisco Damasceno, no residencial Oitti, uma casa abandonada tem tirado a paz dos moradores. O local, segundo os vizinhos, se transformou em refúgio para usuários de drogas, esconderijo para ladrões e cenário de água parada, propício para a proliferação do mosquito da dengue.

Com a reforma inacabada, o imóvel está aberto há três meses. Embora o portão fique fechado com cadeado, nos muros não há nenhum obstáculo que impeça a entrada de alguém.

“Os proprietários começaram a reformar a casa e deixaram assim quando a Caixa Econômica retomou a casa”, conta a professora Sônia Soares Flores, 29 anos, vizinha de muro da residência problemática da rua.

Ela, por sinal, já foi vítima da ação de ladrões. “Esperaram eu e meu marido sairmos, entraram na nossa casa e furtaram DVD, bicicleta, entre outras coisas”, lamenta, com ar de revolta.

Masseira aberta no chão do quintal acumula água parada (Foto: Pedro Peralta)Masseira aberta no chão do quintal acumula água parada (Foto: Pedro Peralta)

O marido dela, Jean Carlo Corrêa, 35 anos, conta que já viu pessoas dormindo dentro da casa abandonada e também rapazes se drogando. “A gente pediu para a polícia fazer ronda aqui com mais freqüência, daí deu uma acalmada”, conta.

Mas antes disso, a situação precisou chegar ao extremo. Outra moradora, que preferiu não se identificar, denunciou que na rua quase todas as casas já foram furtadas. “Os bandidos se escondem tudo aí dentro, ficam cuidando o movimento da rua e esperam a hora certa para atacar”, conta.

Outra preocupação dos vizinhos, é a água parada e a sujeira acumulada nos fundos da casa. "Os pedreiros deixaram a masseira aberta no quintal, e como choveu muito, o buraco está cheio de água. Perigoso", alerta Sônia.

Ação judicial – De acordo com a assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal, o proprietário da casa mexeu na estrutura da casa e abandonou o imóvel, e isso fez com que ele perdesse o direito de posse. O caso está na Justiça, que ainda não deu a posse definitiva do imóvel à Caixa.

Assim que o imóvel for liberado pela Justiça, será desenrolado outro processo na Emha (Agência Municipal de Habitação) e Agehab (Agência Estadual de Habitação) e outro inscrito será contemplado.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions