ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Centros automotivos alvos da PF funcionam normalmente um dia após operação

A Polícia Federal estima a apreensão de 6 mil pneus em galpão que abastecia as três lojas

Por Idaicy Solano e Geniffer Valeriano | 29/11/2023 09:17
Loja localizada na Avenida Marechal Deodoro está de portas abertas na manhã desta quarta-feira (Foto: Geniffer Valeriano)
Loja localizada na Avenida Marechal Deodoro está de portas abertas na manhã desta quarta-feira (Foto: Geniffer Valeriano)

Um dia após equipes da PF (Polícia Federal) e Receita Federal cumprirem mandados de busca e apreensão em três centros automotivos de Campo Grande, as lojas seguem de portas abertas e funcionando normalmente na Capital.

A equipe de reportagem esteve nos estabelecimentos na manhã desta quarta-feira (29) e constatou que o funcionamento não foi interrompido. As lojas estão localizadas na Avenida Marechal Deodoro, na Rua Ana Luísa de Souza e Avenida Graça Aranha, no Bairro Aero Rancho.

O proprietário não foi localizado em nenhum dos endereços. Questionados pela equipe, os funcionários informaram que o dono estava “resolvendo processos burocráticos e provavelmente não vai falar com a imprensa”.

Durante o tempo em que a reportagem esteve no local, foi observado que a movimentação de clientes continua normal nas três lojas, porém o estoque de pneus foi reduzido. Na unidade da Avenida Graça Aranha e Avenida Marechal Deodoro, apenas três unidades de pneus estavam expostas.

Loja localizada na Rua Ana Luisa de Souza está atendendo clientes normalmente (Foto: Geniffer Valeriano)
Loja localizada na Rua Ana Luisa de Souza está atendendo clientes normalmente (Foto: Geniffer Valeriano)

Operação - Centenas de pneus de depósito localizado na Rua Elvis Presley, no Jardim Morenão, que fornecia pneus vindos do Paraguai a empresas do mesmo grupo para comercialização, foram apreendidos pelas equipes da PF (Polícia Federal) e Receita Federal nesta terça-feira (28), em Campo Grande, durante a operação Wrong Tires, que significa pneus errados.

Conforme a PF, os pneus são transportados um dentro do outro, técnica conhecida como “bola de pneus”, o que causa deformações nas estruturas e compromete a segurança na utilização. No total, são cumpridos cinco mandados de busca e apreensão, incluindo as três lojas visitadas pela reportagem na manhã de hoje.

Durante fiscalização, foi constatada baixa qualidade e que os pneus não possuem garantia, além de não haver informações sobre a procedência, o que coloca em risco a segurança do condutor do veículo e de terceiros. A Polícia Federal estima a apreensão de 6 mil pneus durante a operação.

Movimentação de policiais federais e auditores-fiscais no galpão onde os pneus foram localizados (Foto: Paulo Francis)
Movimentação de policiais federais e auditores-fiscais no galpão onde os pneus foram localizados (Foto: Paulo Francis)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias