A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/05/2012 10:59

Prefeito rejeita dar novo prazo para cumprimento do "Cidade Limpa"

Paula Vitorino
Fachadas do Centro devem ser retiradas até dia 31. (Foto: Minamar Júnior)Fachadas do Centro devem ser retiradas até dia 31. (Foto: Minamar Júnior)

O prazo para a 3ª etapa do projeto Cidade Limpa não deve ser prorrogado e termina na quinta-feira (31), garantiu o prefeito Nelson Trad Filho em declaração nesta manhã (29), durante o lançamento do Guia Pedagógico de Resíduos Sólidos.

“Não vamos prorrogar o caso até em respeito aos comerciantes das etapas anteriores, que cumpriram o prazo sem maiores problemas”, justifica.

No entanto, o prefeito garantiu que está aberto ao diálogo e orientou a Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano) a solucionar imediatamente os casos de comerciantes que estão com problemas para cumprir o prazo.

Ele ainda afirmou que deve se reunir com a categoria nesta semana para resolver as pendências. Entre as reclamações da categoria, está a demora para aprovação do projeto do novo painel.

O projeto Cidade Limpa é de 2010 e dividiu o comércio em quatro pontos para estabelecer prazos diferentes para os proprietários fazerem as alterações necessárias, começando em meados de 2011.

O objetivo é a despoluição visual do Centro combinada com a revitalização da área, que inclui obras da Prefeitura Municipal e a contrapartida dos comerciantes de retirar luminosos e adequar as fachadas à nova legislação.

As duas primeiras etapas incluíram 452 estabelecimentos. Na avaliação do prefeito, as etapas até agora foram concluídas de forma positiva, mas agora “um grupo pequeno está causando problemas e de má vontade”.

“Desde o início do projeto nós fizemos dezenas de reuniões, decidimos as etapas com os comerciantes e tudo foi acordado com eles, tenho a assinatura”, diz.

Sobre o questionamento dos comerciantes sobre as obras da Prefeitura e do estabelecimentos serem feitas ao mesmo tempo, Trad diz que a administração municipal já iniciou ou concluiu algumas obras da revitalização, como a Orla Morena, Orla Ferroviária, Praça Ary Coelho e revitalização da Afonso Pena.

“A gente está fazendo nossa parte, mas a contrapartida dos comerciantes era a alteração das fachadas e precisamos que eles cumpram com a parte deles. As outras etapas dependem disso, como eu vou pedir mais recursos para as outras etapas se ainda não terminamos isso?”, diz.

Dentre as outras etapas, está prevista a colocação subterrânea dos fios de energia, mas que entrará no projeto do PAC Histórico, que ainda aguarda liberação de recursos.

Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...


Até que enfim o MS terá a Capital que merece. LIMPA. Parabéns sr. prefeito! quem via o centro, na Afonso Pena, entre outras, parecia mais cenas de faroeste... propaganda e mais propaganda... É mais produtivo e educacional investir numa melhor campanha de sinalização...
 
Adelir Rigon em 29/05/2012 04:38:23
Poderia ser enérgico dessa forma também com situação dos postos de saúde , contratando mais médicos e fiscalizando o comparecimento e cumprimento dos plantões. Aí sim poderemos começar a ter orgulho de Campo Grande , como uma cidade com segurança , saúde , educação e não apenas com prédios e praças bonitas.
 
george conrado em 29/05/2012 04:36:57
É isso aí Prefeito !! Parabéns, as regras e os acordos existem para serem cumpridos!!!
Os comerciantes precisam entender que uma cidade melhor depende de todos..
 
lucas sodre em 29/05/2012 03:38:05
O centro já estava feio, agora ficou pior ainda com essas lojas sem fachada, é muito dificil para os comerciantes concorrerem com os shoppings. E muito desconfortável comprar no centro sem contar com o trânsito que é uma confusão.
 
Juarez Goncalves em 29/05/2012 03:27:21
Quando irão dar mais um pouco de atenção para a avenida das bandeiras, avenida bandeirantes, e outras? O asfalto esta em pessimo estado, e como se não existisse pavimento nessas avenidas. Fala-se em revitalização do centro, mais e o restante da cidade, como fica?
 
nikko flores em 29/05/2012 03:22:00
Em reunião com a Associação Comercial de Campo Grande, um grupo de mais de 50 empresários participaram para a prorrogação do projeto de lei, motivo pelo qual as normativas do projeto estão em divergência com a lei e a queda de 30% no faturamento do centro, devido ao alto crescimento dos Shoppings e a RETIRADA DOS ESTACIONAMENTOS da Afonso Pena, sem qualquer opnião dos comerciantes local.
 
Alexandre Cavalcante em 29/05/2012 02:27:57
SÓ QUERO VER SE ELES VAO BAIXAR O VALOR DO ALVARA QUE É COBRADO MEDIANTE O TAMANHO DA FAIXADA(O PAINEL DA LOJA).COMO ESTAMOS NA METADE DO ANO QUERO VER COMO ELES VAO RESOLVER ISSO.OU ACHAM QUE VAMOS PAGAR O UM VALOR PRA FICAR ESSA COISA ORRIVEL QUE ESTA?SEM PAINEL?
 
rosangela alves em 29/05/2012 01:13:36
Parabéns pela energica posição quanto a limpeza de nossa cidade, precisamos ter a harmônia enttre a preservação e o progresso, mais vez parabéns prefeito.
 
João Carlos Leite em 29/05/2012 01:04:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions