A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/04/2016 14:08

Depois da polêmica na Expogrande MPE debate direito a meia entrada

Antonio Marques
Durante os shows na Expogrande o Procon precisou intervir junto à empresa responsável para garantir o direito à meia-entrada (Foto: Marcos Ermínio)Durante os shows na Expogrande o Procon precisou intervir junto à empresa responsável para garantir o direito à meia-entrada (Foto: Marcos Ermínio)

Depois da polêmica nos shows musicais da Expogrande na semana passada por conta do limite de ingressos para estudantes que usam a meia-entrada, o MPE (Ministério Público Estadual vai realizar no próximo dia 11 de maio, a partir das 14h, audiência pública para debater o tema com representantes dos diversos segmentos interessados no assunto.

O evento será promovido pela 25ª Promotoria de Justiça de Campo Grande e pretende reunir as entidades representativas dos estudantes secundaristas, universitários, associações de idosos e pessoas com deficiência, além de representantes do Procon-MS (Superintendência de Orientação e Defesa do Consumidor), promotores de eventos de Campo Grande e demais interessados no tema.

Conforme publicado no Diário Oficial do Ministério Público, a ser publicado nesta segunda-feira, 25, a audiência tem a finalidade de discutir o direito a meia-entrada nos eventos artítisco, culturais, esportivos e de lazer realizados na Capital. O debate vai ocorrer no auditório da sede das promotorias de Justiça da Capital, localizado na Rua da Paz, 134, no prédio do Fórum de Campo Grande.

De acordo com o MPE, a audiência tem ainda o objetivo de obter dados, subsídios, informações,
relatos, sugestões, críticas ou propostas concernentes à efetivação do direito à meia-entrada nos eventos na Capital.

Durante a Expogrande, foram necessárias a realização de três reuniões para o Procon e a empresa Santo Show entrarem em acordo para garantir a meia-entrada aos estudantes nos shows. Ao final foi assinado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) entre as partes e a Promotoria de Defesa do Consumidor.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions