A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/08/2016 18:03

Dupla envolvida em morte de menina de 2 anos vai a júri na sexta-feira

Crime aconteceu em 2014 durante festa na Capital; criança brincava na calçada quando foi atingida

Anahi Zurutuza
Três acusados foram julgados no dia 3 de junho, mas só Elvis recebeu pena; próximo júri acontece no dia 12 de agosto (Foto: Leandro Abreu/Arquivo)Três acusados foram julgados no dia 3 de junho, mas só Elvis recebeu pena; próximo júri acontece no dia 12 de agosto (Foto: Leandro Abreu/Arquivo)

Acontece nesta sexta-feira (12), o júri de Marcos Antonio dos Reis e Douglas Aparecido Domingos de Oliveira Batista, acusados de envolvimento no tiroteio que matou Maria Clara Silva Santos, de 2 anos, em Campo Grande. O julgamento começa às 8h e será realizado na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

Elvis Henrique Ortega Cheles foi julgado no dia 3 de junho e condenado a 32 anos de prisão, em regime fechado.

O crime aconteceu em 19 de outubro de 2014, durante uma festa de aniversário na rua Israel, Jardim Batistão – região sudoeste de Campo Grande. A criança estava brincando na calçada, foi atingida com um tiro no peito e chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com testemunhas, Gabriel Henrique Amorim Bernardo apanhou no local, ao tentar agredir uma ex-namorada na festa. Ele saiu do local, mas voltou com amigos, Elvis, Marcos e Douglas que de repente efetuaram ao menos 12 tiros.

Primeiro julgamento – Durante o primeiro júri, no dia 3 de junho deste ano, uma testemunha atribuiu a Elvis o disparo que matou a menina Maria Clara. Por isso, só ele teve pena arbitrada. 

Marcos e Douglas estão presos e responderão por homicídio qualificado por motivo torpe com recurso que dificultou a defesa da vítima e tentativa de homicídio qualificado. Gabriel Henrique ainda não foi julgado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions