A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/05/2016 08:10

Escola em que aluna teve gripe A retoma aulas com dicas de prevenção

Aline dos Santos e Guilherme Henri
Escola tem 1.500 alunos e retomou aulas nesta segunda-feira. (Foto: Marcos Ermínio)Escola tem 1.500 alunos e retomou aulas nesta segunda-feira. (Foto: Marcos Ermínio)

Com reforço nas dicas de prevenção à gripe, a escola municipal Consulesa Margarida Maksoud Trad, no bairro Estrela Dalva, retomou as aulas nesta segunda-feira (30) em Campo Grande. O colégio fechou no último dia 25, numa antecipação do feriado, após uma aluna de 8 anos ser diagnosticada com gripe A (causada pelo vírus H1N1).

De acordo com o diretor Vagno Lopes do Nascimento, as aulas voltam ao normal, mas medidas de prevenção foram tomadas. “Vou reunir o pessoal da escola, fazer orientações sobre a questão de higiene, lavar bem as mãos, os cuidados que deve ter em casa. O problema não é a escola. As crianças saem de casa resfriadas e a escola potencializa isso”, afirma o diretor. Na semana passada, pais, alunos e funcionários ficaram assustados com a doença.

Segundo ele, será disponibilizado álcool em gel nas dependências da unidades escolar. O colégio tem 1.500 alunos. Sobre a menina com gripe A, o diretor afirma que não conseguiu contato com a família e acompanha o estado de saúde pela imprensa. A direção deve ir à casa da família nesta segunda-feira.

Até sábado, a criança de 8 anos permanecia internada na Santa Casa e apresentava melhora. Neste ano, a gripe matou um professor da escola estadual Amélio de Carvalho Baís, no bairro Coophatrabalho, em Campo Grande, no dia 17 de maio.

Com dados atualizados até 25 de maio, o último boletim sobre a gripe, divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), informa 25 mortes, sendo 24 provocada por H1N1 e um por “influenza B”. A Capital registrou 8 óbitos pelo vírus H1N1 e o caso de “influenza B.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions