A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/05/2016 17:24

Em uma semana, gripe mata cinco e já são 25 mortes no ano em MS

Em 2014, 29 pessoas morreram pela doença e é o período com mais registros nos últimos 8 anos

Leandro Abreu
Campanha Nacional de vacinação contra a gripe terminou na última sexta-feira (20). (Foto: Alcides Neto)Campanha Nacional de vacinação contra a gripe terminou na última sexta-feira (20). (Foto: Alcides Neto)

O novo boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), divulgado nesta tarde, aponta que Mato Grosso do Sul já tem 25 pacientes mortos pela gripe H1N1. Até semana passada, 20 pessoas tinha morrido pela doença. Com esse aumento, o Estado se aproxima dos 29 óbitos registrados em 2014, podendo ser o ano com maior número de mortes dos últimos 8 anos.

De acordo com o boletim, as cinco mortes registradas nessa semana ocorreram em Aquidauana, Campo Grande por duas vezes, Jardim e Ivinhema. O restante das 20 mortes, registradas do começo do ano até a semana passada, ocorreram em Caarapó, Corumbá, Coxim, Juti, Maracaju, Naviraí, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

Com a atualização dos dados e registros da gripe, Mato Grosso do Sul já possui 485 casos notificados pela doença, sendo 151 somente em Campo Grande. Ao todo, 367 pacientes tiveram a confirmação que estão com a gripe A. 

Também na tarde de hoje, o Governo do Estado divulgou uma nota informando que não há surtos de gripe A em nenhum município de Mato Grosso do Sul. Mesmo assim, a SES ainda admite que existe a circulação do vírus Influenza em vários municípios do Estado. De acordo com o governo, o Ministério da Saúde já informou não haver motivo para medidas que não sejam as de rotina durante a sazonalidade de influenza. Na nota também há recomendações para escolas e creches e as medidas a serem tomadas em casos de suspeita da gripe suína.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions