A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/11/2013 14:33

Família procura pedreiro desaparecido há 10 dias em Campo Grande

Bruno Chaves
Alcides foi visto pela última vez no dia 25 de outubro (Foto: Arquivo Pessoal)Alcides foi visto pela última vez no dia 25 de outubro (Foto: Arquivo Pessoal)

A família do pedreiro Alcides Souto Godinho, 42 anos, decidiu procurar a imprensa e a polícia nesta segunda-feira (4) depois de perder o contato com o trabalhador há 10 dias. Ele morava no Jardim Santa Luzia e foi visto pela última vez no dia 25 de outubro.

Segundo a cunhada do pedreiro, a lojista Eliene de Oliveira Cerqueira, 29 anos, Alcides não se encontrava com a família há meses, porém, nunca perdeu o contato telefônico.

“Ele sempre conversava com meu marido e com minha sogra por telefone. Agora a gente liga e só dá na caixa de mensagens”, relata.

Antes de sumir, Alcides morava com uma companheira que não foi apresentada ao restante da família. Os familiares também não sabem o nome da rua em que ele reside. “Ele sumiu completamente. Nós fomos ao Santa Luzia e andamos por todo o bairro e não encontramos nada”, diz.

Eliene contou que a mãe do pedreiro está sofrendo com a ausência do filho e que a situação se agrava porque ela sofre de problemas cardíacos. “Ele nunca desapareceu assim. Ele não tem problema mental nem físico. Só bebe e está seguindo para o alcoolismo”, ressalta.

Para a família, pedir auxílio à imprensa e à polícia foi a única alternativa encontrada para um socorro. Informações sobre o paradeiro do homem podem ser repassadas pelo telefone (67) 9101-1612.



Almocei numa Peixaria na Vila Sapê indo para Ponta Porã e fui atendida por um garçon bem parecido com este moço da foto.
 
Maria Mariá em 04/11/2013 15:08:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions