A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

02/07/2011 19:16

Faxineira encontra feto no cesto de lixo de terminal de ônibus na Capital

Ítalo Milhomem

Um feto foi encontrado embalado em jornais em uma sacola plástica no cesto de lixo do banheiro do terminal de ônibus Guaicurus, na tarde deste sábado (2) em Campo Grande. Uma faxineira que fazia a limpeza no local foi quem encontrou o feto e acionou a Polícia Militar.

De acordo com delegado de plantão da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, Igor Arakaki, ainda não há informações de quem possa ter abandonado o feto no local, mas investigações serão realizadas para saber quem foi o responsável pelo ato e se o possível aborto foi criminoso ou espontâneo.

“Tudo indica que pode ter sido um aborto criminoso, o feto estava formado, com os órgãos e membros. Ele já foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal). Ainda não temos nenhuma pista, mas já estamos com investigadores nas ruas colhendo informações nos hospitais para identificarmos possíveis suspeitos”, comentou Araraki.

O fato foi registrado como “achado de feto”, podendo posteriormente ser classificado como aborto criminoso ou espontâneo, neste último caso, o aborto pode não ser considerado crime.

“A princípio, os indícios levam a crer, que esse caso pode ter sido um aborto provocado, por conta do abandono do feto”, explicou o delegado.

Arakaki já pediu informações para administração do local, para saber se a câmera instalada no terminal está em funcionamento, para que as imagens sejam analisadas, mas funcionários informaram que ela estaria desativada.

A pena para a mulher que realiza o aborto em si mesma é de 1 a 3 anos de reclusão. Caso tenha a participação de uma segunda pessoa, a pena é de 3 a 10 anos para quem realizar o aborto.



naõ tem nem oque comentar,num fato desses ultimamente ta virando móda jogar crianças no lixo onde ta o sentimento de uma pessoa capaz de cometer uma atroxidade dessas?cadeia é pouco pra uma pessoa dessas e naum me venha o direitos humanos dizer que ela presciza de ajuda pois na hora de fazer ela tava muito bem e sabia das consequencias naõ prescizou de ajuda muito menos de apoio naõ tenho pena de uma mulher dessas tem que mofar na cadeia.
 
veronice ribeiro em 03/07/2011 10:34:26
Sera que podemos chamar de Mulher/Mãe, uma pessoa que comete atrocidades contra um ser inocente que não pediu em momento algum para vir ao mundo. É cruel , doloroso, ouvir notícias como esta sobre incidentes que poderiam ter sido evitados. Penso, se não deseja ser Mãe...tome precauções para evitar, os Postos de Saúde fornecem remédios, preservativos e GRATUITO. É melhor se previnir que tirar a vida de uma benção que é uma CRIANÇA, por inconsequencia dos que seriam seus futuros pais. Enquanto muitas famílias estão na fila para adotarem uma criança ou em busca de tratamento para terem filhos, há pessoas que tratam outras como um bicho ou melhor lixo. Meu Deus dai sabedoria, tolerância, paciência para aceitar o que não consigo entender.
 
Regiane Campos em 03/07/2011 09:45:41
como nada neste país funciona, é certo q as cameras tbém não.
 
maria batista em 02/07/2011 10:23:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions