A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/10/2013 15:38

Funcionários de lotéricas e despachantes querem 15% de reajuste salarial

Lidiane Kober

Os empregados em agências lotéricas, despachantes e prestadoras de serviços de Mato Grosso do Sul querem 15% de reajuste salarial para vigorar a partir de 1º de novembro, data base das categorias. O percentual, segundo o líder sindical Estevão Rocha dos Santos, cobre a inflação dos 12 últimos meses e garante ganho real aos profissionais.

“Nos últimos cinco, a categoria vem abrindo mão de meio a um por cento e, agora, estamos pleiteando a recuperação do ganho salarial”, disse Estevão. Segundo ele, no ano passado, o aumento foi de 8%.

O Seaac/MS (Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio e em Empresas de Assessoramento, Auditoria, Perícias, Informações e Pesquisas de Empresas de Serviços Contábeis de Mato Grosso do Sul), entidade que representa lotéricos, despachantes, representantes comerciais, serviços contábeis, informações e pesquisas, assessoramento e factoring, encaminhou a pauta de reivindicação aos respectivos sindicatos patronais para negociação.

Na lista figuram o SESCOM/MS (CCT Serviços Contábeis /Informações e Pesquisas/Assessoramento); SINDESP MS (despachantes); FECOMERCIO/MS (Comissários, consignatários e locatários); SINAL/MS (lotéricos); SINFAC (factoring) e SINRECON MS (representantes comerciais).

Ainda de acordo com Estevão, a Fecomércio marcou para 22 de novembro mesa redonda a fim de debater a proposta. O patronal dos lotéricos irá discutir o assunto um dia depois e, no dia 28, o debate será entre despachantes e patrões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions