A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/03/2016 10:39

Hipermercado segue fechado e só Armazém iniciou processo para reabrir

Amanda Bogo
Aviso colocado no Armazém Cultural, interditado semana passada pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Alan Nantes)Aviso colocado no Armazém Cultural, interditado semana passada pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Alan Nantes)
Extra no Centro de Campo Grande também foi interditado e não tem prazo para reabrir (Foto: Alan Nantes)Extra no Centro de Campo Grande também foi interditado e não tem prazo para reabrir (Foto: Alan Nantes)

Apenas o Armazém Cultural, um dos cinco estabelecimentos que foram interditados pelo Corpo de Bombeiros, em Campo Grande, entre o fim de fevereiro e a primeira quinzena de março, deu entrada até o momento na documentação necessária para voltar ao seu funcionamento normal. Três clubes – Libanês, Tênis Clube e Estoril – e um hipermercado – Extra da Rua Maracaju –, também fechados, ainda não apresentaram os documentos e, por enquanto, todos continuarão fechados.

O trabalho de fiscalização foi feito pelo 6º Grupamento de Bombeiros Militar, entre os dias 29 de fevereiro e 15 de março. A ação visa conferir as condições mínimas de segurança em locais da área norte da cidade.

Segundo informou o coronel Hudson Faria de Oliveira, do Corpo de Bombeiros, a Fundac (Fundação Municipal de Cultura) deu entrada no chamado PSCIP (Processo de Segurança Contra incêndio e Pânico) do Armazém Cultural, prédio que faz parte do complexo arquitetônico da Esplanada Ferroviária de Campo Grande.

O local permanece interditado, mas a fundação garante que as medidas necessárias para começar os reparos solicitados pelo Corpo de Bombeiros estão sendo tomadas.

Ruth Ribeiro Hariuti , administradora e locatária do Clube Libanês, interditado no dia 8 de março, informou que o local foi autuado por não ter em sua estrutura física uma porta de pânico, porém o projeto para a construção já havia sido encaminhado ao Corpo de Bombeiros.

“Houve um atraso na liberação do projeto, mas a gente acredita que até a manhã de hoje ele já vai ser liberado, aí vamos começar a obra. Esperamos que até o fim de semana o problema seja resolvido e o clube reaberto”, explicou.

O hipermercado Extra, interditado no dia 15, divulgou nota no fim da tarde de terça-feira afirmando que “a rede está trabalhando em todos os pontos solicitados pelo Corpo de Bombeiros, para assim, realizar a reabertura da unidade. Durante o período, os colaboradores serão realocados para outras lojas”.

Ainda de acordo com a nota, as ações da rede estão “no respeito às leis vigentes e possui rigorosos procedimentos para garantir a segurança de seus colaboradores e clientes, o que inclui vistorias constantes da equipe de manutenção e obras da companhia”.

O Campo Grande News tentou entrar em contato, porém não conseguiu falar com os responsáveis pelo Tênis Clube e Clube Estoril – interditados nos dias 8 e 9 de março, respectivamente.

A operação faz parte da série de fiscalizações que o MPE (Ministério Público Estadual) solicitou ao Corpo de Bombeiros após incêndio que aconteceu na Boate Kiss, em Santa Maria (RS), quando 242 pessoas foram mortas. Conforme informou a assessoria de comunicação, a corporação envia notificação a esses estabelecimentos desde 2013 e nenhuma delas foram atendidas desde então, por isso ocorreu a interdição dos locais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions