ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Jardineiro que deixou carta de despedida é encontrado em rodovia

Reportagem se deparou com o homem caminhando pelo acostamento da MS-010

Por Anahi Zurutuza e Ana Beatriz Rodrigues | 22/06/2022 14:07
Rodrigo Carvalho da Luz, de 32 anos, caminhava em direção ao Inferninho quando foi visto pela reportagem (Foto: Henrique Kawaminami)
Rodrigo Carvalho da Luz, de 32 anos, caminhava em direção ao Inferninho quando foi visto pela reportagem (Foto: Henrique Kawaminami)

Mais de 24 horas depois de sair de casa, no Bairro Sírio Libanês, em Campo Grande, o jardineiro Rodrigo Carvalho da Luz, de 32 anos, foi encontrado, perambulando na MS-010, próximo ao Inferninho.

O Campo Grande News havia recebido a informação de que o corpo do homem tinha sido encontrado na cachoeira e que a família estava indo para o local. A reportagem já estava perto na saída para Rochedo quando conseguiu contato com parentes de Rodrigo, que negaram a informação. Ao dar meia volta, a equipe se deparou com um homem, muito parecido com o jardineiro, caminhando pelo acostamento da MS-010. Acionamos a PM (Polícia Militar) e o Corpo de Bombeiros.

A reportagem também tentou avisar a família, mas eles não atenderam às nossas ligações. Antes mesmo que conseguíssemos falar, parentes chegaram ao local e abraçaram o homem que estava desaparecido.

Segundo Marcos José Faustinho, vizinho que dava suporte aos familiares de Rodrigo durante as buscas, por volta das 10h, eles foram informados sobre a existência de um corpo no Inferninho. Quando chegaram à cachoeira, nada encontraram e decidiram, então, ir até o Imol (Instituto de Medicina de Odontologia Legal). Quando a reportagem se deparou com o jardineiro e informou a polícia, imediatamente, a esposa dele foi avisada pela PM e o grupo voltou à MS-010.

No local, a mulher se emocionou bastante e agradeceu a equipe do Campo Grande News por ter ficado por lá, "vigiando" Rodrigo, até que eles chegassem. Neste momento, ele sorriu. Chorando, ela dizia que amava o marido e que a família o amava. Ele foi colocado em um carro, para ser levado de volta para casa.

PM e Bombeiros foram acionados às 13h41 e até a publicação dessa matéria não haviam chegado ao local.

Esposa chorou muito e abraçou Rodrigo ao encontrá-lo (Foto: Henrique Kawaminami)
Esposa chorou muito e abraçou Rodrigo ao encontrá-lo (Foto: Henrique Kawaminami)

Desaparecimento - Desesperados, desde ontem, parentes faziam buscas por Rodrigo que sumiu de casa no início da tarde dessa terça-feira (21). Um boletim de ocorrência de desaparecimento foi registrado e a polícia também já tentava encontrá-lo.

Segundo a família, Rodrigo fez um serviço de poda de árvore ontem pela manhã, recebeu via Pix e chegou a ir para casa. Ele almoçou e depois saiu afirmando que faria um orçamento, mas não levou qualquer documento, celular ou objetos pessoais.

O jardinheiro estava trajando uma camiseta azul de manga comprida, calça jeans, botina, boné preto com pala cinza, a mesma roupa que foi encontrado hoje.

O desespero dos familiares era porque Rodrigo faz tratamento para depressão e toma medicamentos. Ele teria deixado uma carta em casa, em tom de despedida.

Ajuda - Em Campo Grande, o GAV (Grupo Amor Vida) presta um serviço gratuito de apoio emocional a pessoas em crise através do telefone 0800 750 5554, sem identificador de chamadas. Ligue sempre que precisar! Horário de funcionamento das 07:00 às 23:00, inclusive, sábados, domingos e feriados.

(*) Matéria alterada às 14h27 para acréscimo de informações.

Nos siga no Google Notícias