A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/12/2011 15:52

Juiz arbitra fiança de R$ 5,5 mil para liberar dono de fábrica de cachaça

Marta Ferreira

O juiz Wilson Leite Correa, da 4ª Vara Criminal de Campo Grande, concedeu liberdade provisória ao dono de uma fábrica de cachaça clandestina preso na semana passada, no bairro Nova Lima. Para responder em liberdade ao processo por crime contra as relações de consumo, ele tem de pagar fiança de R$ 5,4 mil, conforme a decisão do juiz que concedeu a liminar.

O MPE (Ministério Público Estadual) foi favorável à concessão da liberdade. Em seu despacho, o magistrado escreveu que Amilton Leandro Zandomenighi

“praticou delito no qual não há violência ou grave ameaça a pessoa, bem como comprovou residência fixa nos autos de pedido de liberdade provisória”.

O crime do qual Amilton é está sendo acusado pode gerar pena de até 5 anos de reclusão.

Ele foi preso em flagrante no dia 7 de dezembro, após a Polícia Civil fechar a fábrica, onde mistura de cachaça já pronta para acrescentar sabores, por falta de autorização para funcionamento,,

Policiais civis e fiscais do Ministério da Agricultura apreenderam no local, uma casa no bairro Nova Lima, 1,6 mil garrafas e 600 litros de cachaça da marca Jóia.

A Polícia informou que não havia qualquer autorização para a manipulação do produto. Além disso, no local, as condições de higiene encontradas eram péssimas, segundo informado. As garrafas que eram usadas para armazenar a bebida eram long-neck reaproveitadas.

À Polícia Civil, o dono disse a cachaça vinha pura de Três Lagoas e era manipulada armazenada em tambores, para depois ganhar sabor, de abacaxi e canela. Também era vendida pura.



Só sei que se fosse pego por conta de tráfico de drogas, contrabando e cia, seria um salário mínimo "chorado" de fiança, o vagabundo alega que não tem dinheiro e acaba saindo de graça... enquanto isso, lógico que tá errado também, mas um cara que em tese vende um produto que já faz mal mesmo, mas é legalizado, leva uma bela de uma "facada".. (5,5 conto... pô ajuda eu aí ô!!!!!)
 
Marcos Rumolli em 15/12/2011 05:16:42
coitadinho, vendendo uma pinguinha, para alegrar a moçada, e ainda colocava um saborzinho para nao ficar muito forte, gente boa o cara, e agora preso, tendo que pagar uma fiança de cem salarios minimos, vamos juntar os amigos que gostam de uma cachaça e pagar a fiança do amigo, depois ele paga em doses. pura com canela, ou abacaxi.
 
luiz fernandes em 15/12/2011 04:43:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions