A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

17/09/2013 15:45

Júri condena homem que matou rival em briga no Centro da Capital

Edivaldo Bitencourt

A Justiça condenou Edivaldo de Souza Duarte pelo assassinato de Igor Malheiros Batista, ocorrido em 20 de outubro de 2010. A 2ª Vara do Tribunal do Júri o condenou a seis anos de reclusão em regime fechado por ter cometido o crime.

Conforme a denúncia, Edivaldo tinha uma rixa antiga com Igor. Os dois começaram a brigar por volta das 9h20 na Avenida Calógeras, no centro da Capital. Ele matou o rival a facada, conforme a denúncia do MPE (Ministério Público Estadual).

O júri popular aconteceu ontem no Fórum de Campo Grande. O juiz Alexandre Ito, que presidiu o júri, fixou a pena em seis anos de reclusão em regime semiaberto.

Segundo o advogado José Marcos Maksoud Júnior, a defesa conseguiu retirar a tese de motivo torpe, porque o crime não foi por vingança. Conforme ele, o assassinato foi cometido em legítima defesa, mas o júri não acatou essa alegação.

 

(editado às 17h39 para acréscimo de informações)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions