A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Outubro de 2018

20/01/2014 18:14

Justiça nega liberdade a acusado de furtar bíblia e guampa de tereré

Zana Zaidan

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul negou pedido de liberdade à José Antônio Souza Prado, preso desde 21 de agosto do ano passado por ter furtado de uma casa uma bíblia, guampa de tereré, bomba hidráulica, e cinco cartões de crédito. Prado responde por furto qualificado e falsa identidade, por ter informado o nome do irmão ao ser flagrado pela polícia.

O pedido de habeas corpus foi julgado ontem (19) por desembargadores da 1ª Câmara Criminal que, por unanimidade, negaram a liminar. Pedido anterior também já havia sido negado pelo tribunal.

Conforme o TJMS, os requisitos necessários para manter a prisão preventiva do acusado ficaram comprovados, no entendimento dos desembargadores.

Crime – Policiais militares prenderam Prado após denúncia da vítima, elencada como testemunha de acusação do processo. Ela relata que, ao chegar em casa, se deparou com a janela arrombada e tudo revirado.

Ao ser preso, ele mentiu a identidade, e passou à polícia o nome do irmão.

Defesa – Ao pedir a liberdade de Prado, a defesa alegou “constrangimento ilegal por excesso de prazo”. O julgamento dele foi marcado para janeiro deste ano, cinco meses depois que ele havia sido preso.

O desembargador Dorival Moreira dos Santos, relator do processo, justificou ao negar o pedido que “não há constrangimento ilegal por excesso de prazo, tendo em vista que o feito aguarda a realização da audiência de instrução e julgamento, que será realizada em data próxima”.



Engraçado, um queria ler a BÍBLIA tomando tereré usando objetos furtados e está preso desde agosto do ano passado. E outro na sexta-feira (17-01-2014) roubou, estuprou, foi preso e reconhecido pela a vitima, contudo o delegado de plantão NADA FEZ, esse cidadão saiu pela porta da frente e ainda por cima continua ameaçando a vitima. A única coisa que eu tenho pena é que não foi a filha do "sinhô Douto", ou de um Desembargador aí sim queria ver esse cidadão sair debochando da Lei, se bem que essas nossas leis são fraquinhas mesmo, e pior ainda quando caí na mão de um delegado(a) frouxo perante a situação.
 
Douglas Ruiz em 20/01/2014 22:38:33
Não consigo entender as leis brasileiras... O cara estupra e assalta e está solto, o outro assassina a sobrinha e esta foragido, mais um espanca a namorada é ouvido e depois liberado, já o outro rouba uma bíblia e algumas coisas a mais e está preso a 5 meses??? Gente, essas leis brasileiras me envergonham, parece que todos são cegos, surdos e mudos...
 
Tati Marques em 20/01/2014 20:45:56
POR MIM ESSE TINHA QUE MOFAR NA CADEIA, SÓ PELO FATO DE TER ¨SÓ¨ REVIRADO TODA A CASA DA VÍTIMA, MARGINAL!!!!!!!!!!!!!!!
 
idevaldo de jesus em 20/01/2014 18:56:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions