A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

24/01/2014 19:40

Lixo e mato tomam conta de bairro e avançam até sobre posto de saúde

Zana Zaidan e Mariana Lopes
Terreno vizinho da UBSF é dominado por mau cheiro, lixo e usuários de drogas (Foto: Cleber Gellio)Terreno vizinho da UBSF é dominado por mau cheiro, lixo e usuários de drogas (Foto: Cleber Gellio)

Bem ao lado do posto de saúde do bairro Jardim Antártica, um terreno abandonado está tomado pelo lixo e mau cheiro. O mato é tão alto que até o corpo de um homem enforcado foi encontrado por moradores da região, além de impedir a passagem em parte da rua. Por lá, dá para encontrar de tudo, desde usuários de drogas que usam o local como esconderijo, até animais mortos, pneus, móveis e eletrônicos descartados indiscriminadamente pela população.

Na esquina da rua Tenente Antônio João Ribeiro com a Litorânea, o terreno de aproximadamente 140 m² é de responsabilidade da prefeitura de Campo Grande. A única parte limpa é uma área de comodato, ocupada por uma horta particular plantada há dez anos por um dos moradores.

A solução para separar a horta (orgânica, frisa um dos proprietários) do lixo foi colocar uma cerca por conta própria. “Junto com a minha família, limpo muito bem. É de onde tiro meu sustento, então preciso cuidar, fora que meus filhos também moram aqui, então tenho que fazer a minha parte”, acredita Abimael Vital dos Santos, 31 anos.

Depois de desistir de esperar pela prefeitura, Abimael organiza vaquinha com os vizinhos para pagar limpeza (Foto: Cleber Gellio)Depois de desistir de esperar pela prefeitura, Abimael organiza vaquinha com os vizinhos para pagar limpeza (Foto: Cleber Gellio)

O pouco de mato que cerca a horta, explica dos Santos, não é capinado propositalmente. “As pessoas destroem a cerca da horta, então, deixo um pouco de mato para evitar que roubem as verduras, como uma cerca viva”, acrescenta, ao mostrar que, no momento, a divisória é refeita.

O horticultor é um dos que mobiliza moradores do bairro para que seja organizada uma “vaquinha” que pague a limpeza do terreno. “Porque está difícil esperar da prefeitura”, justifica.

O carpinteiro Antônio Arruda, 47 anos, vizinho da área há um, conta que, além do lixo, o que incomoda a vizinhança é a presença constante de usuários de drogas. “Não tem hora. Seja durante o dia, seja a noite,eles se escondem lá e usam drogas”, relata.

Morador conta que projeto para construir escola no terreno nunca saiu do papel (Foto: Cleber Gellio)Morador conta que projeto para construir escola no terreno nunca saiu do papel (Foto: Cleber Gellio)

O aposentado Ademir Fonseca, 62 anos, afirma que a promessa de construção de uma escola e praça no local há 15 anos não sai do papel. “O projeto existe,e há tempos cobramos do poder público. Agora, para o Bernal nem adianta pedir, porque ele não atende a gente. Se não fosse a horta, a sujeira estaria muito pior”, acredita.

Na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) Jardim Antártica, nenhum funcionário quis se pronunciar, mas os vizinhos garantem que o terreno é alvo constante de reclamações pelos profissionais que atendem no posto.

Lixo e mato tomam conta de bairro e avançam até sobre posto de saúde


Infelizmente é esta a situação do nosso bairro, Desassistido pelo poder público e para completar alguns populares não colaboram despejando todo o tipo de lixo que se pode imaginar.
Ainda bem que temos pessoas como as da reportagem para falar em nome de todos do bairro.
 
maria luiza santos de farias em 24/01/2014 21:51:21
Eu não sei oque esta acontecendo que a capital esta tão suja, olha só em torno do córrego anhaduizinho esta sujo e servindo de esconderijo de fumador de droga o aero rancho esta feio, preço providencia senhor prefeito.
 
Marcos Veiga Alfonso em 24/01/2014 21:17:39
Não responsabilizo a Prefeitura, pelo lixo no local. e sim seres humanos que se acha no direito de jogar o lixo em terrenos baldios. O que foi pago para limpar o terreno foi R$ 300,00 (trezentos reais) a hora da Pá Carregadeira para fazer a limpeza do terreno no total de R$ 1500,00 (Hum mil e Quinhentos Reais). não foi feito nenhuma vaquinha com morador. e sim pago por nós; proprietário da horta. o lixo não cerca o posto de saúde, fica proximo. E não foi encontrado nenhum corpo humano na região. Em relação do pouco mato que cerca a horta ajuda também a segurar o vento.
Estamos esperando que os vereadores eleitos de suporte necessário ao prefeito para que ele possa trabalhar. muitos vão sair candidatos a Deputados, e estamos de olho. não adianta culpar somente um. Todos somos Responsáveis.
 
Abimael Vital dos Santos em 24/01/2014 20:56:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions