A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

06/03/2015 08:05

Menina que matou estudante é presa ao procurar professora para "desabafar"

Aline dos Santos e Renan Nucci
Luana morreu ao defender uma amiga. (Foto: Reprodução/WhatsApp)Luana morreu ao defender uma amiga. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

A adolescente que matou uma estudante de 16 anos após uma briga no terminal de ônibus Nova Bahia, em Campo Grande, foi detida pela PM (Polícia Militar) nesta sexta-feira ao procurar uma professora. Por volta da meia-noite, a adolescente tocou a campainha da casa da professora, no bairro Coophavila 2. Amedrontada, a mulher de 28 anos chamou a polícia.

A garota foi levada para a Depac Piratininga (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). Conforme o delegado Reginaldo Salomão, a adolescente alegou que procurou a professora para desabafar. Chegou a ser ventilado que a garota recebia ameaça de morte, mas ela negou. Após ser ouvida, a adolescente foi liberada.

Crime – No dia 3 de março, um desentendimento por relacionamento homoafetivo levou a adolescente de 17 anos a esfaquear Luana Braga Vilella, 16 anos. Ela morreu ao defender uma amiga. A autora foi liberada após prestar depoimento. Ela vai responder por ato infracional análogo ao homicídio doloso e à tentativa de homicídio.



Cada dia que passa me sinto como a Mafalda questionando os fatos. A diferença que o mundo real é mais assustador e injusto.
 
Van em 06/03/2015 14:48:09
Como assim foi liberada? Então vida vale menos do que o tecnicismo jurídico imoral? Se era para soltar ou se não podia ficar presa por que foi presa então?
 
Gawaim em 06/03/2015 10:22:21
Foi liberada! Pasmem! Que maravilha! Que beleza!
Nem na República das Bananas se ouve ou lê uma coisa dessas!
 
Barbarossa em 06/03/2015 10:10:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions