A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/01/2014 13:16

Moradores de rua assustam lojistas e usam até rede para dormir no Centro

Graziela Rezende
Moradora de rua foi recolhida pela Guarda Municipal. Foto: DivulgaçãoMoradora de rua foi recolhida pela Guarda Municipal. Foto: Divulgação

A ousadia de alguns moradores de rua, que permanecem na 15 de novembro, próximo a igreja Santo Antônio, em Campo Grande, vem incomodando comerciantes da região. Eles reclamam do odor forte de urina em frente às lojas, furtos e da perda de clientes por conta de ameaças a aqueles que não dão dinheiro aos pedintes. Nesta manhã (30) a reportagem foi informada que uma delas chegou a colocar uma rede entre as árvores para descansar.

A moradora de rua, após denúncias, chegou a ser recolhida pela Guarda Municipal hoje e encaminhada ao Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento ao Migrante), mas voltou para a rua assim como outros.

“Lá eles têm que seguir uma rotina, tomar banho, fazer a higiene pessoal e muitos não gostam. Os usuários de drogas precisam passar por tratamento, mas eles vão embora antes disso”, afirma o presidente do Conselho Comunitário de Segurança da Região Central, Adelaido Luiz Spinosa.

Moradores dormindo na manhã de hoje. Foto: DivulgaçãoMoradores dormindo na manhã de hoje. Foto: Divulgação

Quando retornam, os comerciantes dizem que passam por transtornos. “Nós ligamos, inclusive esta semana, inúmeras vezes para a Polícia pedindo providências. Aqui neste centro comercial, as pessoas estão fazendo um abaixo assinado, mas a maioria já está procurando outro espaço para trabalhar”, diz a manicure e esteticista Marta Cipriano, 50 anos.

Além de xingamentos, eles riscam os carros daqueles que não aceitam dar dinheiro aos pedintes. “Nós já acionamos os órgãos de segurança, mas somente com a mídia parece que surgem resultados. E os comerciantes estão revoltados, dizem que o município não quer saber de nada”, diz outro comerciante do local.

Tolerância Zero – Há três dias, também no centro de Campo Grande, a Polícia deflagrou uma ação na intenção de coibir a ação de “flanelinhas” e pichadores. Eles disseram que em breve outra ação será realizada.

A Polícia levou 18 pessoas para a delegacia, que assinaram um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) pelo exercício ilegal da profissão e foram liberados no mesmo dia.

Moradores de rua ao lado de comércio. Foto: Marcos ErmínioMoradores de rua ao lado de comércio. Foto: Marcos Ermínio


que mal estar que paura que nojo estes cmentarios reacionarios e sem visao de mundo de justica de igualdade para todos e oportunidade nossa vai mal..........................mas e isto ha mais de dez anos comecou em campo grande uma ordem acabar co m o centro de campo grande e é isto que estao fazendo e o Prefeito Bernal parece que entrou nesta quando nao derrubou aquelas grades ridiculas das praca ary coelho ..........
 
PAULODORADINHO em 30/01/2014 20:07:12
A questão das pessoas em situação de rua deve ser tratado pelo Estado sim. E deve existir politicas públicas voltadas para essa população, e sujeita-los aos cuidados das Igrejas que não permitem que estes sujeitos saiam dessa situação, mas sim dependentes dessas.
Esse tema tão delicado deve ser discutido e tomado como responsábilidade dos vários segmentos da Sociedade, incluindo as Instituições religosas.
 
JOSE LUIZ KREUTZ em 30/01/2014 17:00:41
As drogas sao problemas serio em nosso país,pois se os nossos governantes tivessem respeito pelo ser humano nao roubavam o dinheiro que eh destinado para o tratamento dessas drogas,pois estas pessoas deveriam ficar internadas no minimo uns 9meses de tratamento para conseguir deixar o vicio,pois eh muito triste estas cenas,pois estas pessoas tem familia e suas maes principalmente devem sofrer muito.E hoje apenas as igrejas que se dedicam a salvar nossos jovens dos vicios.
 
sueli cavassana em 30/01/2014 17:00:17
Ignorante é você Rafael Paz, a principal função de um prefeito é resolver os problemas de uma cidade, afinal de contas o seu atributo é o poder executivo! Se um lugar não faz nada, por que nossa cidade tem que ser igual? Acho que se o seu comentá é a fim de puxar o saco do "prefeito", por favor vá a prefeitura lá provavelmente você será bem vindo! A unica coisa que estou vendo é minha cidade abandonada, e pessoas como você tentando acreditar no faz de conta que esta tudo bem! Que vergonha de vc e seu prefeitinho....
 
João Batista em 30/01/2014 16:55:38
Mas que nojo desses reaças comentáristas!
 
JESSICA MACHADO em 30/01/2014 16:43:17
hahaha como tem gente ignorante nesse mundo , como se isso fosse culpa do prefeito kkk , o Brasil inteiro esta assim , Campo Grande esta até bem.
 
Rafael Paz em 30/01/2014 16:40:57
Duas opções p solução: 1ª - socialização (aos moldes de SP) 2, pra quem não aceita tem a 2ª -Tranca dentro de um recinto afastado com barracas ao ar livre (eles adoram) e dêm-lhes todo o crack que a policia apreender, e deixa lá, se entupindo até morrer, quem sabe acaba.
 
Odescia Madeira em 30/01/2014 16:23:21
A denuncia foi feita , a sociedade civil se organizou e cobrou providencias e foram atendidas pelas polícias. Mas agora o próximo passo é a PMCG , providenciar melhorias no atendimento aos drogados e indigentes, dando além de cuidados um trabalho, ensino... de forma obrigatória, e não depender de o cidadão querer ou não. Precisamos de uma melhoria na lei se necessário.
 
André Eduardo em 30/01/2014 16:17:18
vai lá Josè vai ser feliz cara vai viver do seu jeito !!!!
 
joaomegafoneiagro em 30/01/2014 16:05:35
Nossa cidade tá uma tristeza mesmo, tá largada, abandonada, não tem prefeito, não tem justiça, não tem governo, enfim, não tem nada, só tem imposto pra pagar e é isso aí, Viva Campo Grande, Viva o PP (partido do prefeito) é isso.
 
MAXIMILIANO NAHAS em 30/01/2014 16:03:05
A polícia deveria chegar a borracha e o cacete neles.
Depois de umas duas ou tres surras, vão sumir do mapa.
Quem sabe viram gente, ou se mudam para outras cidades.
Aliás, v... não faz falta em lugar nenhum.
 
VALDIR VILLA NOVA em 30/01/2014 15:51:05
Se o governo da vales renda para as pessoas mais carentes, tinha que ser proibido ter moradores de rua. Para quem esta indo estes vales renda? Se as pessoas que precisam estão pedindo na rua.
 
Placida Barros em 30/01/2014 15:35:42
Meu, acho que vou fazer isso ai, Não vou precisar mais pagar aluguel muito menos um IPTU , F.. de alto. Pagar imposto pra que? Sobra da boa, e ainda vou curtir um dia deitado na rede, esses ai é que sabem viver. Enquanto eu só na ralação para tentar melhorar a qualidade de nossa cidade. Rapaz acho que, vou virar rareckischim, ou sei lá o que, preciso urgentemente rever meus conceitos de trabalho. Afinal vou morrer de tanto trabalhar e não vou curtir sequer um pouquinho da vida. (DESABAFO), e não adianta vir me falar que vou virar vagabundo não!!!!!!vou fazer essa reflexão.....
 
jose carlos em 30/01/2014 15:10:22
Borracha neles! Eles deveriam ir acampar lá na prefeitura, ai o vulgo prefeito dá um jeito! ¬¬
 
João Batista em 30/01/2014 14:55:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions