A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/05/2015 12:31

Número de notificações cai na Capital, mas dengue ainda mobiliza força-tarefa

Flávia Lima
Terrenos baldios continuam preocupando autoridades da Saúde. (Foto:Arquivo/Fernando Antunes)Terrenos baldios continuam preocupando autoridades da Saúde. (Foto:Arquivo/Fernando Antunes)

Boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (13) pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) aponta que neste mês de maio, até o momento, foram notificados 71 casos de dengue no município.
Apesar de ainda faltarem 18 dias para o final do mês, os números estão bem abaixo dos notificados em abril, que somaram 1.925.

De janeiro até maio já são 4.297 notificações e 1.039 casos confirmados, com o registro de 1 óbito confirmado pela Sesau, semana passada. A vítima foi a professora aposentada Amélia Atsuko Guenka da Silva, 67 anos, que residia no bairro Monte Castelo. Outros quatro já foram confirmados no Estado e quatro estão sob investigação.

Já a Secretaria de Saúde do Estado deve divulgar o novo boletim que aponta as cidades com maior incidência da doença apenas nesta quinta-feira (14), mas segundo o último levantamento, feito semana passada, foram notificados até o momento, 19.187 casos de dengue somando números de todo o interior.

Ainda conforme o boletim, Campo Grande tem o maior número de notificações 3.955, seguida de Iguatemi com 1.271 casos.

Limpeza – Para frear o avanço da doença, a prefeitura da Capital, através da Seinthra (Secretaria Municipal de Infraestrutura) segue com a limpeza de ruas e terrenos públicos em bairros do município. Através de um cronograma de limpeza, que atende tanto às vistorias sazonais dos bairros quanto as solicitações recentes, as equipes atendem todas as regiões.

O morador pode contribuir na identificação de imóveis com lixo e de áreas públicas que precisam de manutenção através do número 3314-3676. Neste caso, o solicitante recebe um protocolo para acompanhar o atendimento.

No caso de lixo e entulho em terreno particular, é possível fazer denúncia por meio do número 156.

A Ouvidoria de Sesau também recebe denúncias de áreas propícias para a propagação de insetos transmissores de doenças como dengue, febre chikungunya e leishmaniose, além dos animais peçonhentos. As denúncias podem ser feitas pelos telefones 3314-9955 ou 3314-3340.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions