A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

15/05/2015 10:48

Para driblar paralisação, prefeitura substitui grevistas e reabre Ceinfs

Juliana Brum e Flávia Lima
Educadoras voltam aos Ceinfs, mas protesto continua (foto: Marcos Ermínio)Educadoras voltam aos Ceinfs, mas protesto continua (foto: Marcos Ermínio)

Todos os Ceinfs (Centros de Educação Infantil) já estão trabalhando normalmente, apesar da paralisação dos recreadores continua nesta sexta-feira (15), segundo o secretário municipal de Administração, Wilson Prado.

O secretário afirmou que o retorno da atividade dos Ceinfs, que nesta quinta-feira estiveram com as portas fechadas, foi possível devido a estratégia de colocar os professores substitutos  para substituir as recreadores nas creches.

"Muitas recreadoras já estão voltando para seus postos de trabalho e até o final da tarde de segunda-feira (18), terei uma posição do total de funcionárias que retornaram, caso contrário pedirei que seja contratada uma nova equipe com urgência", avisou o secretário de Administração.

As trabalhadoras nos Ceinfs em greve fizeram outra manifestação nesta sexta-feira (15) na Praça do Rádio. Segundo a presidente do Senalba (Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado de Mato Grosso do Sul), Joana Barreto, existem funcionárias que retornaram ao trabalho.

"Ainda não tenho o número total das servidoras que voltaram, mas isto aconteceu devido após muitas receberem ameaças de demissão" disse Joana.

Greve - A paralisação dos recreadores que trabalham nos Ceinfs pela Omep e Seleta começou na quinta-feira (14) e continua hoje, ainda sem prazo determinado para acabar.

Os 2 mil profissionais, que atuam em Ceinfs deram início à greve, reivindicam que a Prefeitura cumpra o acordo de redução de carga horária. O acordo assinado de redução era de carga horária de 7h para 6h e reajuste salarial de 9%.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions