A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/02/2013 16:35

Polícia apura se parque onde menino morreu adotou medidas de prevenção

Nadyenka Castro
Polícia no local onde menino morreu. (Foto: Paulo Abílio/ Jardim Notícias)Polícia no local onde menino morreu. (Foto: Paulo Abílio/ Jardim Notícias)

A Polícia Civil investiga se o Parque de Diversão onde Edilan Prates Brunel, 10 anos, morreu na noite dessa quinta-feira, em Jardim, a 233 quilômetros de Campo Grande, poderia ter evitado o choque.

O delegado responsável pela investigação, Alex Sandro Antonio, explica que a perícia irá verificar se os responsáveis pelo parque poderiam ter, de alguma forma, evitado que corrente elétrica circulasse onde o garoto encostou.

Conforme o delegado, o trabalho pericial começou ainda noite de ontem, parou por volta das 2 horas desta sexta-feira, e foi retomado às 8 horas. O espaço não abriu para visitação.

De acordo com Alex Sandro, o parque está com a documentação em dia, com alvará de funcionamento a partir de 1º de fevereiro. Os responsáveis disseram à Polícia que devem sair da cidade em breve.

Edilan estava acompanhado de outra criança, que o avisou que algumas barras de proteção do brinquedo conhecido por ‘Trem Fantasma’ estava dando choque. Mesmo assim o garoto colocou as mãos e foi eletrocutado. O menino tinha ido ao parque com parentes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions