A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

31/03/2016 16:32

Pouca gente aparece para manifestar apoio a Dilma em Campo Grande

Waldemar Gonçalves e Michel Faustino
Manifestantes no Centro de Campo Grande, na tarde desta quinta-feira, em ato contra impeachment de Dilma (Foto: Alan Nantes)Manifestantes no Centro de Campo Grande, na tarde desta quinta-feira, em ato contra impeachment de Dilma (Foto: Alan Nantes)

Pouca gente apareceu no horário previsto para manifestação, no Centro de Campo Grande, em favor do governo da presidente da República, Dilma Rouseff (PT), nesta quinta-feira (31). O ato estava previsto para começar às 16h, mas, até o fechamento deste texto, não havia mais que 30 pessoas no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua 14 de Julho.

Manifestações em outras regiões do Brasil ocorrem nesta quinta. Segundo informações do portal Uol, há protestos nos estados de Alagoas, Bahia, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Distrito Federal.

Na Capital Federal há, inclusive, em torno de 1 mil manifestantes que viajaram de Campo Grande, financiados principalmente pela Fetems (Federação dos Trabalhadores da Educação) e CUT (Central Única dos Trabalhadores). A data foi escolhida por marcar 52 anos do Golpe de 64 e o movimento recebeu o nome de Dia Nacional de Mobilização em Defesa da Democracia.

A ida a Brasília é, inclusive, uma das explicações para a baixa adesão ao protesto em Campo Grande. A estimativa é reunir em torno de 250 pessoas na região central, com manifestação culminando em ato religioso na Praça do Rádio, às 19h.

“Isto aqui é um braço deste ato em Brasília, em prol da democracia. Entedemos que esta articulação para tirar Dilma do poder é ilegal e imoral”, analisa Orlando de Almeida Filho, um dos coordenadores da Frente Brasil Popular, da organização do ato em favor da presidente e contra o impeachment.

Policiais militares acompanham ato, que reúne pouca gente (Foto: Alan Nantes)Policiais militares acompanham ato, que reúne pouca gente (Foto: Alan Nantes)


Qualquer pessoa saberia antes que iria ter poucas pessoas nesta manifestação, pelo simples fato que quem apoia a Dilma estaria trabalhando e não iria faltar ao trabalho, mas se fosse dos coxinhas teria milhares nas ruas...
 
jose maria martins de brito em 31/03/2016 19:18:20
ou receberam trintão ou ainda tem besta que acredita nesse governo. kkkkk
 
Tonzinho em 31/03/2016 18:27:51
Tem louco pra tudo nesse mundo!
 
Hannibal em 31/03/2016 17:34:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions