A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

29/12/2010 12:51

Vândalos “atacam” semáforos a tiros e chutes na Capital

Aline dos Santos

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) denuncia que vândalos estão tentando destruir semáforos a tiros, chutes e arrombamentos em Campo Grande. Os alvos foram quatro semáforos em cruzamentos centrais.

No início da semana, os semáforos da rua Bahia com a 15 de Novembro e da rua Ceará com a Tapajós foram desativados com tiros de arma de fogo. Já a sinalização da rua Pedro Celestino, esquina com a 7 de Setembro, foi arrombada e desligada.

No caso do semáforo da rua Pedro Celestino com a Dom Aquino, os indícios são de que recebeu chutes e acabou funcionando apenas no alerta (amarelo intermitente).

A técnica em educação para o trânsito da Agetran, Vera Lúcia de Matos, alerta que os atos de vandalismos aumentam os riscos de acidentes e congestionamento. O poder público pede que a população denuncie as ações à polícia.



boa noite,

ao ler diversos comentários só fico pensando que existemduas alternativas para as coisas que vemos acontecer em nossas cidades e país, uma profunda revisão de conceitos e que a EDUCAÇÃO e CULTURA estejam focadas em primeiro lugar em nossas vidas, visto que as enchentes,os alagamentos, a vingança da natureza são apenas consequencias daquilo que nós mesmos fazemos, por consequencia não ensinamos aos nossos jovens de hoje, a importância de se viver em harmonia com a natureza.
Outro dia falei a um jovem que não jogasse a lata na rua, ele me disse: se eu não jogar não é preciso ter lixeiro, eu pago imposto(nem 18 tem), falei a uma moradora perto de casa para desentupirmos os bueiros limpando, ela simplesmente riu e comentou: por acaso eu ganho pra isso?
diante dessas e outras respostas o que dá pra perceber é que, realmente a culpa não é do estado se as folhas caem, se as pessoas não tem EDUCAÇÃO, se não há o pensamento coletivo e se não há preocupação com o amanhã ou com o próprio espaço em que se vive, dai as consequencias são tristes, mas a culpa é sempre do ESTADO??
será que já se parou realmente pra pensar no que fazedmos com nossa vida, nossa rua, nosso bairro e nossascidades? e o que estamos vendo não foi causado pela nossa própria inoperância de cidadãos omissos com o conformismo, porque tem alguem pra fazer sempre?
Pensemos o que queremos para o nosso futuro?
Feliz 2011 e que tenhamos mais consciência real do que estamos fazendo de errado, precisamos sim, ajudar nossos governantes e criticar os que não fazem,no caso, nós mesmos também...
Abraços
Loadir Ap. Silva
Campo Grande - MS

***Minha mãe comenta desde a aprovação - esse estatuto vai gerar tantos quantos problemas na vida de quem é criança, adolescente e de quem ainda vai nascer...e não errou, exemplo? - meu afilhado começou a trabalhar com a caixinha de moedas da padaria pagando o trigo comprado, hoje é um grande empresário e os nossos jovens de hoje que nem ajudar os pais podem mais? o que fazem sós em casa? na rua? e as amizades?
 
LOADIR APARECIDA SILVA em 30/12/2010 12:22:37
Este é o nosso País (BRASIL), aqui pode tudo enquanto isto não mudar iremos sempre verificar noticias como está em questão. É o resultado de tanta impunidade...
 
daniel dantas em 30/12/2010 07:33:53
Tudo na contra mão. o "delegado" esta sentado do lado de cá. E os fulanos estão sentados do lado de lá. Temos que criar Leis sábias. T mais.
 
aparecido bonfim nogueira em 29/12/2010 10:14:21
Absurdo é pouco para toda essa situação, A sensação de impunidade e desrespeito são predominantes e caracterizam um perfil muito ruim dessas pessoas, penso que educação vem de dentro de casa. O despreparo e falta de entusiasmo de pais em dar uma boa educação uma hora acaba refletindo na sociedade. Que a punição um dia seja tão rigorosa quanto a capacidade destrutiva desses vandalos.
 
Jorge Amorim em 29/12/2010 09:38:27
Eles estão atacando os semárforos errados. Tanto semáforo melhor para tais atos, como o da Rui Barbosa com a dos Aeroviários que fecha assim que o semáforo anterior, da calarge, se abre, e devem ser uns 50 metros entre eles. Ou então o da av João Pedro de Souza com a Antonio Correa que se fecha assim que o da Pedro Celestino se abre, e logo em seguida para-se novamente na Rui Barbosa. Assim como tantos outros que obrigam os motoristas a esperar e esperar, e frear, e gastar combustível, freio, tempo, paciência...
 
Mario Castro Silva Gomes de Andrade em 29/12/2010 08:06:28
NA REALIDADE SEMPRE EXISTIU O VANDALISMO ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES DE POLITICOS Q SÓ OLHAM O PRÓPRIO UMBIGO.
MENOR DE IDADE TEM Q PAGAR PELO SEUS ATOS COM MEDIDAS SÓCIO EDUCATIVAS.

E VC ACREDITOU KKKKKKKKKKKK
 
JUNIOR PEREIRA em 29/12/2010 07:55:00
Concordo plenamente; pois esta lei dos adolecentes, veio para piorar a situação, pois os mesmos não respeitam os outros e nem a si p´róprio, o governo tem que rever esta lei, pois se continuar assim daqui algum tempo a bandidagem esta solta pela capital achando no direito de fazer o que bem entender.
 
mirian rezende em 29/12/2010 07:17:41
SE NÃO MUDAR O ESTATUTO DA CRIANÇA ASSIM COMO DO ADOLECENTE,
PODEMOS ESPERAR PELO PIOR.
SABEDORES DE QUE A LEI OS BENEFICIAM, ELES COMETEM OS CRIMES MAIS
CRUÉS E PENSAM QUE PODE TUDO, NÃO CONHECEM LIMITES...
 
NORBERTO DA CONCEIÇÃO. em 29/12/2010 07:15:47
ESTA E A CULTURA DOS ADOLESCENTES DE CAMPO GRANDE, ENQUANTO NAS OUTRAS CIDADES OS ADOLESCENTES PRESTAM SERVIÇOS AS COMUNIDADES, AQUI ELES AGRIDEM A SOCIEDADE SEM O MÍNIMO DE PUDOR,
A POLICIA PODERIA BEM FAZER UMA CAMPANA PARA PEGAR PELO MENOS UMA MEIA DÚZIA DESSES MARGINAIS E COLOCAR ATRÁZ DAS GRADES PARA SERVIR DE LIÇÃO PARA OS OUTROS. ENQUANTO VIGORAR ESTE ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, QUE DEU TOTAL LIBERDADE E IMPUNIDADE A ESSES MARGINAIS, SERÁ DAÍ PARA PIOR.
 
MARCOS MACENA em 29/12/2010 06:34:08
*** Gente que país é esse? Onde estamos vivendo? Em que tempo? Já passou da hora do braço da lei ser acionado e alcançar esses marginais travestidos de todo poderosos e que se acham acima do bem e do mal, são sem limites de berço e se acham no direito de depredar; até quando? Se forem pegos que paguem pelo que fizeram, tanto economicamente falando quanto com a privação de liberdade. O que é isso? Com essas atitudes conseguimos distinguir com nitidez o que é "Educação" e o que é "Cultura", porque com certeza essas pessoas são na maioria das vezes cultas, contudo, certamente são desprovidas de educação, consciência e compromisso com o bem comum. Chega, vamos acabar com isso.
 
Josue Ratier de Souza em 29/12/2010 05:02:50
O vandalismo é uma característica de países que tratam a educação com menosprezo.
6% de reajuste para professores e 60% para políticos de toda espécie.
 
Áttila Gomes em 29/12/2010 04:52:48
Quanto à matéria sobre destruição de semáforos, na capital, é mais um exemplo da falta de limites na educação de crianças, futuros adolescentes, jovens e adultos. Quanto mais limite os pais colocarem na educãção de crianças, menos atos desse gênero teremos no futuro. Hoje, os pais, numna grande maioria, buscam compensar sua ausência em casa, nos momentos em que estão com os filhos, e aí permitem tudo. E a criança cresce entendendo que tudo é permitido, inclusive, estourar semáforos, depredar orelhões e outros bens públicos, sem nenhum respeito pelas coisas dos outros e até pelas pessoas.
 
aurenice pilatti em 29/12/2010 04:07:45
os nossos governantes nunca fez tanto pela nossa capital. Ai vem estes vandalos destruido tudo. As autoridades tem que pegar e punir com açoes onde eles conserte o que destruiu.
 
sales filho em 29/12/2010 03:31:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions