ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Prefeitura suspende licença de servidores durante surto de vírus

Medida foi tomada por conta da alta de demanda de trabalho, com lotação de UTIs e unidades de saúde

Por Silvia Frias | 14/05/2024 07:05
Pacientes aguardavam atendimento no CRS Tiradentes, no fim de abril (Foto/Arquivo)
Pacientes aguardavam atendimento no CRS Tiradentes, no fim de abril (Foto/Arquivo)

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) suspendeu a concessão de licença a servidores para tratar de assunto particular durante a vigência do decreto de situação de emergência, deflagrado por conta do aumento dos casos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda).

Conforme resolução, a medida foi tomada em decorrência da demanda de serviço no sistema público em Campo Grande. Atualmente, há elevadas taxas de ocupação de leitos da rede própria e a contratualizada de urgência e emergência nas UTIs neonatal e pediátrica.

Segundo painel de monitoramento da Sesau, são 1.271 casos de SRAG registrados, sendo 487 não especificadas, 171 de covid-19, 131 de influenza A. A maior parte dos casos ocorre com crianças menores de um ano, 314.

A resolução entrou em vigor ontem (13), sem data para ser encerrada. No dia 30 de abril, a Sesau decretou estado de emergência por 90 dias e abriu Centro de Operações de Emergência por conta do aumento de casos de SRAG. O Campo Grande News mostrou a lotação nas unidades de saúde no fim de abril.

A prefeita Adriane Lopes (PP) havia classificado o aumento da demanda como crítica e equipe volante iria percorrer unidades 24h para melhorar o atendimento e o fluxo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias