A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

03/06/2015 17:19

Primeira reforma do Horto em 10 anos é investigada pelo MPE

Ricardo Campos Jr.
Fachada foi pintada de amarelo claro, cor que segundo coordenador é bastante semelhante à original (Foto: Fernando Antunes)Fachada foi pintada de amarelo claro, cor que segundo coordenador é bastante semelhante à original (Foto: Fernando Antunes)

Polêmica envolvendo a primeira reforma do Horto Florestal após dez anos de abandono foi parar no MPE (Ministério Público Estadual). A 26ª Promotoria de Justiça de Campo Grande abriu, nesta quarta-feira (3), inquérito civil público para apurar prejuízo ao patrimônio histórico pela alteração das características do projeto original.

A situação já havia sido levantada na época em que começou a ser pintada de amarelo claro a fachada do parque. Valdir Gomes, coordenador do serviço, afirma que vários produtos foram usados no intuito de lavar os tijolos crus usados na construção das guaritas, colunas e paredes, mas como a estrutura nunca recebeu impermeabilizante, o mofo havia impregnado e o material começou a esfarelar.

Sobre a cor, ele afirma que os tijolos escureceram por conta da sujeira, já que eles eram bege claro quando foram instalados na década de 1950. “Eu tenho uma amostra dele daquela cor clara”, garante.

Com relação à cerca ter sido pintada de azul, ele pontua que o Horto foi entregue com as grades na cor marrom, passando para o verde após reforma na gestão de Juvêncio César da Fonseca. “Sinceramente, não sei porque estão brigando. O local não é tombado. Tem um processo, mas que está tramitando há anos. Eu tive o cuidado de saber”, diz Gomes.

Sobre o inquérito, o coordenador afirma que não está preocupado e aguarda ser intimado a prestar declarações. “Eu acho até bom, porque eu posso mostrar a realidade. O MPE está aí para isso mesmo e estou aguardando me chamarem. Aquilo estava abandonado e hoje eles estão reclamando da pintura”, comenta.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions