ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 35º

Capital

Queda de avião fez doses da Pfizer contra a covid retornarem a SP

Avião comercial estava previsto para pousar às 13h15 e retornou para Congonhas, em São Paulo

Por Liniker Ribeiro | 13/09/2021 14:48
Fumaça provocada por queda de avião tomou conta de bairros da Capital e fechou aeroporto. (Foto: Marcos Maluf)
Fumaça provocada por queda de avião tomou conta de bairros da Capital e fechou aeroporto. (Foto: Marcos Maluf)

A queda de uma aeronave da FAB (Força Aérea Brasileira), no fim da manhã desta segunda-feira (13), fez o Aeroporto Internacional de Campo Grande fechar por pouco mais de 2 horas. Com isso, voos que estavam previstos para chegar, entre eles, o comercial trazendo doses de vacina contra a covid-19, precisaram desviar.

Ao todo, 87.750 doses da Pfizer foram enviadas pelo Ministério da Saúde. A chegada do novo lote estava prevista para às 13h15, por meio do voo LA 3271, da companhia aérea Latam. Com o acidente aéreo, o avião comercial precisou retornar ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, segundo informou a Infraero.

Um segundo avião, da aviação geral, alternou para o Aeroporto Santa Maria. O aeroporto ficou fechado entre às 11h37 e 13h59, horário local.

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) confirmou por meio da assessoria de imprensa o empecilho. Neste momento, o órgão aguarda informações do Ministério da Saúde sobre a nova data de envio.

A queda - Modelo A-29 Super Tucano, o avião de caça fa FAB caiu no fim da manhã, próximo aos bairros Coophavila e Santa Emília, região sudoeste da Capital.

Ao perceber falha mecânica, o piloto da aeronave desviou para área desabitada e, segundo a FAB, ejetou-se antes do avião colidir com o solo. Ele foi socorrido de helicóptero H-60 Black Hawk, do Esquadrão Pelicano (2º/10° GAV) e passa bem.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário