A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/06/2016 10:38

Tio foge após estuprar e bater com cinto em sobrinha de 13 anos por ciúmes

Viviane Oliveira e Guilherme Henri
Delegado Paulo Ségio Lauretto investiga o caso. (Foto: Guilherme Henri) Delegado Paulo Ségio Lauretto investiga o caso. (Foto: Guilherme Henri)

Jardineiro de 25 anos é acusado de estuprar e bater com cinto na sobrinha de 13 anos por ciúmes. O caso aconteceu no domingo (19), no Jardim Noroeste, em Campo Grande, mas só foi divulgado neste fim de semana. 

Conforme a polícia, a vítima relatou que mora com a avó, mas o tio reside ao lado da casa dela. No dia do crime, a adolescente estava dormindo, quando acordou com o tio no quarto. O suspeito tinha acabado de saber que a garota estava se relacionando com um rapaz.

Alegando que a menina não tinha idade para namorar, o homem passou a bater na sobrinha com uma cinta. Durante as agressões, o jardineiro dizia que a surra era para a menina aprender e que se ela registrasse boletim de ocorrência contra ele iria morrer.

A garota foi agredida a cintadas nas pernas, braços, abdômen, peito e costas até conseguir escapar do agressor e se esconder na casa da vizinha. Assustada com a situação, a mulher de 35 anos levou a a menina até a Delegacia da Mulher para registrar a ocorrência.

Lá, a adolescente relatou que apanhou porque o tio tem ciúmes dela e que dezembro do ano passado foi estuprada pelo suspeito. A adolescente solicitou medida protetiva e o homem fugiu.

Segundo o delegado Paulo Sérgio Lauretto, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) o suspeito é tio paterno da vítima. O jardineiro tem dez passagens pela polícia enquanto era adolescente. A maioria dos atos infracionais é por furto. Atualmente, o jardineiro tem ficha na polícia por conduzir veículo sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação). O caso é investigado pela Depca. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions