A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/11/2013 09:47

Com pouco movimento, pedágio na BR-163 em MS será até 68% mais caro

Edivaldo Bitencourt e Aline dos Santos
Macro anel rodoviário da Capital deverá ser duplicado após privatização da BR-163 (Foto: Marcos Ermínio)Macro anel rodoviário da Capital deverá ser duplicado após privatização da BR-163 (Foto: Marcos Ermínio)

O Governo federal estima que o pedágio a ser cobrado na BR-163, em Mato Grosso do Sul, será até 68,5% mais caro em relação a outros dois lotes de rodovias, que vão a leilão ainda neste ano. O Ministério dos Transportes teme que veículos busquem alternativas e o movimento de veículos fique abaixo do previsto.

Conforme o edital, lançado neste mês pela ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), o valor médio do pedágio nos 847 quilômetros da BR-163 em MS será de R$ 9,27 a cada 100 quilômetros.

O valor é 68,5% superior ao previsto para o trecho das BRs 060, 153 e 262 em Minas Gerais, que tem a tarifa máxima de R$ 5,50. O pedágio sul-mato-grossense pode ser 56% mais caro do que os R$ 5,94 previstos para a BR-163 no Mato Grosso, conforme comparativo feito pelo jornal Folha de S.Paulo.

Em relação ao valor previsto na audiência pública realizada em outubro do ano passado, quando o custo médio estava em R$ 7,10, houve um acréscimo de 31%. O encarecimento ocorreu porque o Governo elevou a taxa de retorno do investimento, de 5,5% para 7,2%, e adaptou o leilão para torná-lo mais atrativo para as empresas.

O pedágio da BR-163 em MS, que deve ir a leilão no dia 17 de dezembro deste ano, é mais caro porque o movimento de veículos será menor. Enquanto no Mato Grosso, a previsão é de que 4,5 milhões de veículos paguem pedágio em 25 anos, em MS, a expectativa é de 3,5 milhões de carros. No outro lote, o movimento deverá ser de 8,1 milhões de veículos.

O primeiro dos leilões será da BR-163 no MT, que acontece na quinta-feira (28). O segundo será do lote formado pelas BRs 060, 153 e 262, no dia 4 de dezembro. O trecho sul-mato-grossense deverá ser o penúltimo, no dia 17 de dezembro deste ano. O Governo pretende levar a leilão a BR-040, mas o lançamento do edital depende de aprovação do projeto pelo Tribunal de Contas da União.

União exclui 262 e 267 da privatização e valor do pedágio na 163 cairá 16,9%
O Governo federal alterou a proposta do programa de concessão das rodovias federais em Mato Grosso do Sul e só vai implantar pedágios na BR-163. A no...
Empresas terão que indenizar moradora de MS por acidente em pedágio de SP
Uma moradora de Mato Grosso do Sul conseguiu R$ 5 mil por indenização de uma empresa de cobrança de pedágio em São Paulo e de uma transportadora devi...


IPVA é estadual. A rodovia é federal.
Não quer pagar IPVA, venda o carro é vá de bike...
IGNORÂNCIA MATA!!!
 
André Fonseca em 25/11/2013 22:43:01
Isso é um roubo, VAMOS ACORDAR POVO SUL MATOGROSSENSSE, o governo tem o dever de oferecer uma BR segura e muito bem estruturada, pelo que já pagamos de imposto. Pra que serve o IPVA. Pedagio é uma mina de ouro para as concessionarias e pagamos muito caro como tudo no Brasil.
 
Elias Fernandes em 25/11/2013 20:41:47
Apesar de tudo o que foi muito bem dito aqui neste espaço, sou a favor do pedágio, a minha vida e a dos brasileiros valem bem mais que $9,00 a cada 100 km...prefiro pagar a ficar na mão da incompetência do gov. federal que não consegue administrar as rodovias do pais...
 
joao máximo em 25/11/2013 16:43:17
Tudo no Mato Grosso do Sul é mais caro em relação a outros estados e como pedágio não será diferente. Com certeza tem irregularidades nesses editais. acho magnífica a capacidade que essas pessoas tem de prever quantos veículos passaram pelo local, de quantos vão optar por outra rota, etc.E mais uma vez, quem paga a conta?
 
Juliana Aguiar em 25/11/2013 16:24:35
Como faz falta termos representantes em Brasilia
nossos deputados que elegemos so estao interessados
em criar gado.E legislar em causa propria,enquanto isso o MS fica para tras.
 
Carlos Medeiros em 25/11/2013 16:23:33
Pouco movimento onde?? passo todo mês nessa br es ei como é, o pedágio é muito bem vindo, vai ficar tudo mais seguro, mas querer aumentar o preço em comparação com outras rodovias dizendo que o movimento é pouco fala sério. Apoio a duplicação, o pedágio, mas faz o favor de arrumar outra desculpa pelo preço de 68% acima por conta de pouco movimento, manda a pessoa que fez essa análise viajar uma semana comigo aqui na 163, ela vai mudar de opinião nos primeiros 10 km rodados.
 
claudio marcio em 25/11/2013 16:03:34
Prezado Senhor Marco Antonio.
Com todo respeito ao vosso direito de expressão, faço-vos a seguinte pergunta: "V. Sª Acha que o simples fato de privatizar e cobrar pedágio vai resolver o elevado número de acidentes nesse trecho da BR 163?" Me desculpa Sr Marco mas o que necessita é a imediata duplicação dessa Rodovia. Ela não comporta mais o grande fluxo de veículo. Às vezes acusamos caminhoneiro, caminhoneteiro, acusamos esse e aquele e esquecemos que "nesse caso" a responsabilidade por muitos acidentes são, também, do Governo Federal. As medidas adotadas de criação de faixas adicionais são apenas paliativas. O que vai ocorrer é é o desvio de grande parte do fluxo e consequentemente grande congestionamento na MS 080 que não dispoem de infraestrutura para absolver o fluxo. Lá vai nosso R$..
 
Lenirdo Pedroso de Almeida em 25/11/2013 15:51:54
Podem contar com a minha mudança de rota após o pedágio: para Campo Grande irei via Maracaju/Sidrolândia. Na volta, a mesma rota. O dia que colocarem pedágio por lá, tenho outro caminho a percorrer.
 
Jorge Almoas em 25/11/2013 15:48:54
Gostaria que alguém me informasse o porquê de se estar investindo tanto na BR 163 se ela será privatizada. Qual é o interesse do Governo Estadual gastar tanto com essa rodovia e depois entrega-la à iniciativa privada ? ESTRANHO, NÃO.? Se o investimento está sendo do Governo Federal, pior ainda.
 
Alberto Gaspar em 25/11/2013 15:43:48
Sr Everton com certeza é político e cheio de regalias, porque se esses custos não pesam em seu bolso, saiba que no meu pesa e muito. E não é desviando de nosso curso que vamos conseguir economizar, pensa antes de escrever
 
elio santos em 25/11/2013 15:42:34
Poxa vida cada dia que passa eles arruma uma "lei" nova pra ganhar dinheiro desse jeito não dá!! é ipva iptu licenciamento seguro agua luz receita federal asfalto esgoto e etc...
daqui uns dias agente vai ter que pagar pra poder respirar! a gasolina e um absurdo o passe de ônibus tá um roubo a mão limpa, e pedágio daqui pedágio da li!!poxa é mais fácil nós fazermos uma sociedade com o governo por que daqui uns dias nossos amigos estaremos trabalhando só para pagar essas "contas" e uma pouca vergonha por quê o Brasileiro tem direito de ir e vir em todo territorio nacional!!
 
helio guedes em 25/11/2013 14:39:30
Em resposta ao Marco Antônio, vc já paga diversos outros impostos que deveriam e sobram para recuperar todas as estradas do Brasil, só não sobra devido a corrupção, o superfaturamento, etc. Já falando em pedágio, é mais uma mina de outro, pois o correto para estradas privatizadas, seria primeiro a recuperação, a duplicação, e depois sim, a cobrança do pedágio, eu também pefiro andar por rodovias privatizadas, porém hoje assim como sempre, nós financiamos a recuperação das estradas, ou seja, pagamos adiantado pelo benefício, e pior ainda, pagamos em dobro, importos para o Governo, e pedágio para os Empresários. Isso é Brasil!!!
 
João Lucas E Estevam em 25/11/2013 14:14:47
A na boa... tá foda de ver noticia... Mais essa agora, 100 km paga 10 pila?? Se eu for pro mt pagarei 60,00?? Ai não dá meu...
 
Frank William em 25/11/2013 13:12:23
Caro Gilberto Gomes e outros....O IPVA é um imposto, e como tal não é vinculado a nenhuma contraprestação do Estado. Outra coisa - pedágio não vai contra o direito de ir e vir. Você pode ir por outro caminho, ou ainda a pé. O pedágio é o que você paga pelo uso da rodovia, e tem previsão constitucional. Ninguém pode atravessar o seu quintal alegando o direito de ir e vir.
 
Everton Rocha em 25/11/2013 12:54:22
Onde fica o dinheiro que pagamos pelo IPVA?! Com o governo estadual. O que esta em discussão é a BR 163, BR federal, ou seja, nada tem com o IPVA. Obs: prefiro pagar o pedágio, do que correr o risco maior de sofrer acidente, ou de ficar vendo, quase toda semana, notícias de mortes nessa BR 163.
 
Marco Antônio em 25/11/2013 12:33:34
... fonte : Constituição Federal de 1988, Título II, dos "Direitos e Garantias Fundamentais", o artigo 5 , no inciso XV do artigo: e informações no link: http://imortaisguerreirosnossavoz.blogspot.com.br/2007/11/o-direito-de-ir-e-vir-barrado-pelos.html
 
gilberto gomes em 25/11/2013 11:54:00
...todo o brasileiro tem livre acesso em todo o território nacional. O que também quer dizer que o pedágio vai contra a constituição".as estradas não são vendáveis. E o que acontece é que concessionárias de pedágios realiza contratos com o governo Estadual de investir no melhoramento dessas rodovias e cobram o pedágio para ressarcir os gastos. No entanto, no valor da gasolina é incluído o imposto de Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico (Cide), e parte dele é destinado às estradas. "No momento que abasteço meu carro, estou pagando o pedágio. Não é necessário eu pagar novamente. Só quero exercer meu direito, a estrada é um bem público e não é justo eu pagar por um bem que já é meu também", alem do mais ainda pagamos IPVA, e pra onde vai este dinheiro???
 
gilberto gomes em 25/11/2013 11:51:02
Na Constituição Federal diz que todo Brasileiro tem o direito de ir e vir em todo territorio nacional, na Constituição Federal de 1988, Título II, dos "Direitos e Garantias Fundamentais", o artigo 5 diz o seguinte: "Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade". E no inciso XV do artigo: "é livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens". ,"o direito de ir e vir é cláusula pétrea na Constituição Federal, o que significa dizer que não é possível violar esse direito. E ainda que todo o todo...
 
gilberto gomes em 25/11/2013 11:45:10
Protestos já!!!
 
Cassiano em 25/11/2013 11:20:22
DEVERIA DIMINUIR O VALOR DO IPVA!!! QUEM PAGA POR PEDÁGIO TEM QUE PEGAR UM RECIBO E USAR COMO DESCONTO NA HORA DE PAGAR O IPVA!!
 
Rosi Mala em 25/11/2013 10:42:49
COMO SEMPRE OS SUL-MATO-GROSSENSES PAGAM A MAIS POR TUDO!...NÃO TEMOS REPRESENTAÇÃO DE "PESO" EM BRASÍLIA PARA REVERTER ESSA REALIDADE, ESTAMOS "FICANDO PARA TRÁS" DIANTE DE OUTROS ESTADOS.
 
Marcelo Costa em 25/11/2013 10:16:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions