A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/01/2014 16:08

Concessionária vai antecipar início das obras para duplicar BR-163

Edivaldo Bitencourt e Aline dos Santos
Tráfego de veículos deve melhorar com duplicação da BR-163 (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Tráfego de veículos deve melhorar com duplicação da BR-163 (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

A CCR (Companhia de Participações em Concessões) vai antecipar o início das obras de duplicação dos 847 quilômetros da BR-163, entre as divisas do Mato Grosso e Paraná. A medida será possível porque a assinatura do contrato de concessão foi antecipado de 6 de março para 20 de fevereiro deste ano.

Segundo a ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), os trabalhos iniciais vão ocorrer no primeiro ano da concessão. A concessionária só poderá iniciar a cobrança do pedágio, de R$ 4,38 a cada 100 quilômetros, após a duplicação de 10% do total previsto no contrato.

No entanto, as áreas que serão duplicadas vão ser definidas pela concessionária, que apresentará o cronograma das obras após a assinatura do contrato.

A empresa deverá levar em consideração o movimento de veículos e as condições da rodovia, como a desapropriação de áreas e o nível da estrada.

A empresa deverá investir R$ 6 bilhões na duplicação e manutenção da rodovia que interliga as divisas de Mato Grosso do Sul com o Mato Grosso e o Paraná. O prazo de concessão é de 30 anos.

A concessionária é responsável por 2.437 quilômetros de rodovias, distribuídos por São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. Conforme a empresa, esse número representa 15% da quilometragem total das rodovias concedidas à iniciativa privada no País.



trabalho nessa área de terraplanagem sou op de escavadeira tenho disponibilidade para viajar para todo brasil. estou disponível para trabalho no cel (087) 9957-5119.
 
joceano regis em 11/02/2014 19:54:05
É, pra que serve o IPVA mesmo ?
 
Reginaldo Barboza em 21/01/2014 18:21:58
deveria ser pelo menos 50% de estrada duplicada para cobrar pedágio em vez de 10%. ou total de 100 %. andar em estrada duplica compensaria pagar o pedágio.nos outros países onde se paga pedágio as estrada são todas duplicadas, e muitas vezes com faixas a mais por causado dos caminhões.
 
marcos dias em 21/01/2014 17:02:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions