A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

07/02/2008 15:29

Fome faz a 1ª vítima em aldeia

Redação

O guarani-caiuá Miguel Martins Aquino, de um ano e nove meses, morreu na madrugada desta quinta-feira, dia 7, após 12 meses de internação em hospitais de Dourados. A criança não resistiu ao baixo peso e a uma série de infecções e morreu após 18 dias internado no HU (Hospital Universitário) de Dourados, município distante 221 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o médico que atendia o menino, Zelic Trabjer, a criança chegou ao HU com um quadro de estomatite, otite e pneumonia. O problema foi agravado pelo quadro de Miguel, que apresentava risco nutricional.

Trabjer acompanhou a internação de Miguel no Centrinho, um hospital que trata somente de crianças indígenas com desnutrição. O menino chegou ao local em janeiro do ano passado com 7 meses e 4 quilos. Após 11 meses de internação chegou pesar 7 quilos, mas o risco nutricional o impediu de crescer e a criança, com 68 centímetros, tinha o tamanho de um bebê de 7 meses.

De acordo com o médico, a mãe de Miguel foi ao Centrinho e pediu para retirá-lo de lá. O objetivo era deixar que a comunidade da aldeia Bororó, onde moravam, fizesse orações pelo menino. A mãe teve êxito e, mas em 24 horas fora do hospital o peso do menino caiu 200 gramas.

Em MS, 196.191 condutores podem pedir CNH digital gratuitamente
Dos 1.134.551 condutores habilitados em Mato Grosso do Sul, 196.191 já possuem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) com QR Code e podem solicitar...
Ladário é a primeira cidade a receber Carreta da Justiça em 2018
O calendário de viagens da Carreta da Justiça, projeto do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), foi retomado nesta segunda-feira (22), c...
Prefeitos mobilizam Assomasul por adiamento do ano letivo no Estado
Com estradas destruídas pela chuva, prefeitos de 21 municípios pressionam a Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) para requerer...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions