A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

28/06/2017 12:38

Governo oficializa parcelamento de R$ 33 milhões da contribuição da Previdência

O montante será pago em 60 meses e com encargos

Aline dos Santos
Ageprev e governo formalizaram acordo para pagamento. (Foto: Fernando Antunes/Arquivo)Ageprev e governo formalizaram acordo para pagamento. (Foto: Fernando Antunes/Arquivo)

O governo do Estado e a Ageprev (Agência de Previdência Social de Mato Grosso do Sul) firmaram acordo para parcelar o pagamento de R$ 33.295.149,76 da contribuição patronal devida e não repassada ao Regime Próprio de Previdência Social dos servidores públicos. O montante é relativo ao período de novembro de 2016 a maio de 2017 e será pago em 60 meses.

O extrato do termo de acordo de parcelamento e confissão de débitos previdenciários foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. O documento é assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e pelo diretor-presidente da Ageprev, Jorge Oliveira Martins.

De acordo com Martins, a Secretaria de Fazenda pediu o parcelamento, que foi aprovado pelo Conprev MS (Conselho Estadual de Previdência) e pela Secretaria de Política Social do Ministério da Fazenda. “Desta forma, o governo está em dia com o pagamento das contribuições previdenciárias, tanto no Plano Previdenciário quanto no Plano Financeiro”, afirma.

Os servidores são divididos em Plano Financeiro, que contempla quem ingressou no serviço público até 28 de junho de 2012, e Plano Previdenciário, formado por servidores efetivos que ingressaram a partir de 29 de junho de 2012.

O parcelamento é relativo ao Plano Previdenciário, que tem saldo de R$ 320 milhões e, por ser criado em 2012, não tem nenhum aposentado. Já o Plano Financeiro amarga déficit mensal de R$ 88 milhões.

Ainda de acordo com o diretor da Ageprev, os pagamento do parcelamento será com encargos: 2% de mora e mais 1% ao mês. “Não está tendo prejuizo. Poderia ficar atrasado, não tem problema nenhum. Só não pode atrasar a cota do servidor, que está em dia”, diz.

Com revisão de benefícios, Previdência paga R$ 9,8 milhões no Estado
Até a próxima segunda-feira (dia 8), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) depositará o total de R$ 9,8 milhões a 1.121 beneficiários de Mato ...
Governo de MS aguarda Temer para mexer na Previdência
À espera de Temer – O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), voltou a dizer ontem que só mudará o projeto estadual sobre a Previ...
Despesa cresce e deficit da previdência estadual soma R$ 1,2 bilhão em 2016
A previdência estadual terminou o ano passado com déficit de R$ 1,299 bilhão. De 2015 para 2016 houve crescimento de 12,2% das receitas, porém as des...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions