A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/02/2009 20:10

Guardador de moto se apropria de via pública no Carnaval

Redação

Quem for ao Carnaval na Avenida Fábio Zahran, a Via Morena, irá encontrar empecilhos para estacionar. Isto porque os "guardadores" chegaram cedo (alguns estão desde o meio-dia no local) e lotearam os acostamentos da via pública.

Com fitas e caixotes eles demarcaram áreas para o estacionamento de motocicletas e estão cobrando R$ 3 para quem quiser deixar o veículo na avenida. São cerca de 150 metros de área demarcada por 12 cobradores de plantão.

Sem alternativa, cerca de 100 motociclistas estacionaram naquele local e ainda há espaço para muito mais veículos.

O pedreiro Silvan Cabosa Mendonça está entre os "guardadores" de moto. Ele demarcou 30 metros para ele.

Mendonça veio preparado com um talão onde anota as placas das motocicletas e se o condutor deixou o capacete com ele ou não. "O motociclista pode pagar na hora ou depois", diz. Apesar da cobrança, não há nenhuma garantia que o dono encontrará a moto intacta após a folia.

Funcionário de uma transportadora, Antonio Oliveira de Araújo também viu a cobrança pelo espaço público como uma oportunidade para lucrar. Ele demarcou o espaço, mas afirma que paga quem quiser.

"Eu não cobro para deixar estacionar a moto, mas para cuidar dela. Duas pessoas deixaram a moto aqui e não pagaram. Além disso, cada um paga o quanto quiser", afirmou.

Agentes municipais de trânsito estão parados em frente do "estacionamento", mas alegam que estão no local apenas para cuidar da fluidez do tráfego e que não podem fazer nada para impedir a cobrança. "Eles estão cometendo um crime, que é extorsão. A PM que deveria cuidar disso", afirmou um dos agentes, que não quis se identificar.

O problema também afeta ainda mais quem vai de carro para a Via Morena.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions