A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/01/2009 11:29

Índios de Dourados fecham Funai e denunciam desperdício

Redação

Índios da região de Dourados fecharam o prédio da Funai (Fundação Nacional do Índio) e protestam contra o desperdício de alimentos que, segundo eles, não são distribuídos para as famílias e acabam estragando no depósito do prédio.

Dirce Verão, índia Caiuá da Aldeia Bororó é presidente da organização Índias em Ação, e afirmou que as mudanças no órgão geraram descontentamento. "A Funai não é mais a mesma, ela [Margarida Nicoletti, chefe da Funai] está administrando a Funai como uma empresa privada. A polícia não entra mais na aldeia, e enquanto isso há mortandade e matança lá dentro. Alimentos estão estragando enquanto nós indígenas passamos dificuldades e até fome e nada é feito", relata Dirce.

Segundo ela, a comunidade já escolheu um indígena para trabalhar dentro da Funai e coordenar os projetos. "Só tem branco trabalhando na Funai, essa instituição é de índio e não de branco, não estamos sendo representados", conclui a indígena.

O vice-capitão da aldeia Jaguapiru, Naor Ramos Machado, alega todo projeto que chega na Funai é barrado. "Não vai para frente, não tem jeito. Temos 57 mil litros de óleo que nós ganhamos e até agora não chegou nada para nós índio. Isso não é Funai, aqui só tem branco", reclama. (Com informações do Dourados Informa).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions