ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Após “vendaval, chuva e pedra”, Eldorado vai decretar emergência

Neste domingo, a Defesa Civil faz levantamento dos estragos no município

Por Aline dos Santos | 24/10/2021 11:06
Pedras de granizo danificaram roça em Eldorado, a Capital da Melancia. (Foto: Direto das Ruas)
Pedras de granizo danificaram roça em Eldorado, a Capital da Melancia. (Foto: Direto das Ruas)

O sábado de temporal em Eldorado – descrito como “vendaval, chuva e pedra” pelo prefeito Aguinaldo dos Santos (Patriota) – resultou em casas destelhadas, interrupção de serviços e prejuízos nas roças de melancias, que se destacam na economia local. Eldorado é conhecida como a Capital da Melancia.

Neste domingo, a Defesa Civil faz levantamento dos estragos e o prefeito estuda decretar situação de emergência no município. “O pessoal da Defesa Civil está fazendo levantamento e vamos decretar emergência amanhã”, afirma Aguinaldo.

O vendaval destelhou doze casas e os imóveis foram cobertos com lonas. A cidade ficou sem energia elétrica desde a tarde de ontem. Durante o temporal, houve queda de granizo.

Casa foi destelhada durante vendaval em Eldorado, a 447 km de Campo Grande. (Foto: Direto das Ruas)
Casa foi destelhada durante vendaval em Eldorado, a 447 km de Campo Grande. (Foto: Direto das Ruas)

Hoje, o fornecimento de luz foi restabelecido de forma parcial. O temporal também afetou os serviços de telefonia a abastecimento de água. Na zona rural, parte da produção de melancia, já pronta para a colheita, ficou destruída. Na fazenda Ilha Grande, 49 bois e dois cavalos morreram eletrocutados.

Sete torres de transmissão foram derrubadas pelo forte temporal na região Sul do Estado. Equipes da Energisa trabalham para normalizar o fornecimento de energia elétrica.

Àrvore é retirada da área urbana de Eldorado, cidade atingida por ventania no sábado. (Foto: Direto das Ruas)
Àrvore é retirada da área urbana de Eldorado, cidade atingida por ventania no sábado. (Foto: Direto das Ruas)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário