A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Março de 2017

30/06/2015 11:56

Associação Comercial e escritor recebem homenagem na Câmara de Vereadores

Helio de Freitas, de Dourados
Vereadores Pedro Pepa, Idenor e Cirilo com o empresário Antonio Nogueira e com o jornalista Luiz Carlos Luciano (Foto: Thiago Morais/Divulgação)Vereadores Pedro Pepa, Idenor e Cirilo com o empresário Antonio Nogueira e com o jornalista Luiz Carlos Luciano (Foto: Thiago Morais/Divulgação)

Vereadores de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, homenagearam na manhã desta terça-feira (30) os 70 anos da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) e a publicação de livro comemorativo ao aniversário. As congratulações foram entregues ao presidente da entidade, Antonio Luiz Nogueira, e ao jornalista e escritor Luiz Carlos Luciano, autor do livro.

O presidente do Legislativo, Idenor Machado (DEM), entregou as moções, assinadas por todos os 19 vereadores, e destacou a importância da Aced no contexto político, social e econômico de Dourados. Idenor citou ainda o trabalho de pesquisa e dedicação do jornalista Luiz Carlos Luciano na produção do livro “Aced 70 anos”.

Cirilo Ramão (PTC), vice-presidente da Câmara, e o segundo-secretário Pedro Pepa (DEM) também prestigiaram a homenagem.

“A Aced foi fundada em 29 de maio de 1945, por um pequeno grupo de comerciantes, em um cenário completamente desfavorável, pois eram muitas as dificuldades enfrentadas pelo comércio local”, diz trecho da moção entregue à Associação Comercial.

Sobre o livro, a Câmara destaca que o jornalista Luiz Carlos Luciano resgata pontos históricos sobre a interferência dos membros da associação no desenvolvimento de Dourados.

Antonio Nogueira disse que homenagem coroa um trabalho coletivo, de pessoas que atuam para contribuir para o crescimento de Dourados. “As pesquisas mostram que 90% da vida da cidade passa pela Associação Comercial. E isso começou lá atrás, com os pioneiros, que foram comerciantes e, acima de tudo, homens de visão”.

“O maior ganho é o reconhecimento e serve como estímulo para a busca de novos trabalhos literários”, afirmou Luciano, completando que os pioneiros douradenses deixaram o legado para gerações futuras: “A eles os elogios”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions