A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 19 de Agosto de 2019

19/11/2018 16:43

Cassems inaugura no dia 23 de novembro o 10º hospital próprio

Unidade começou a ser construída em 2016 e, quando tiver a primeira fase entregue, vai oferecer 35 leitos

Humberto Marques
Novo hospital da Cassems terá 50 leitos, 35 deles entregues a partir desta sexta-feira (23). (Foto: Divulgação)Novo hospital da Cassems terá 50 leitos, 35 deles entregues a partir desta sexta-feira (23). (Foto: Divulgação)

A Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul) inaugura às 19h de 23 de novembro o décimo hospital próprio da instituição, em Corumbá –a 419 km de Campo Grande. A estrutura, no bairro Popular Velha, terá 3,2 mil m² deve atender a mais de dez mil cidadãos do município e também de Ladário.

A obra será finalizada nos próximos dias. Segundo o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, a intenção é fazer da unidade referência no atendimento de qualidade. “O Hospital Cassems de Corumbá conta com ampla infraestrutura, uma arquitetura humanizada, com ambiente acolhedor e confortável para o nosso beneficiário”, afirmou, destacando ainda a preocupação com o meio ambiente na execução do empreendimento –a construção gerou menos entulho e terá domus espelhados, reduzindo gastos com iluminação artificial.

Ayache afirma, ainda, que o hospital vai ajudar a desafogar o atendimento na Santa Casa de Corumbá, até então a única unidade de atendimento hospitalar do município. “Com certeza isso beneficiará a população como um todo”.

O Hospital da Cassems de Corumbá será de média complexidade, contando com equipamentos de última geração e atendimento humanizado. Serão 50 leitos –na primeira fase serão inaugurados 35–, três salas cirúrgicas, cinco consultórios ambulatoriais, dois odontológicos, pronto-atendimento 24 horas e unidade semi-intensiva; além de centro de diagnósticos com ressonância magnética, tomografia computadorizada, raio-x digital, mamografia, densitometria óssea, duas salas de ultrassonografia, laboratório de análises clíncias e centro de especialidades médicas. Na segunda fase, será entregue o serviço de hemodinâmica.

A sede regional da Cassems também passará a funcionar no local. O prédio começou a ser construído em 2016, após doação de uma área de 5,5 mil m² cedida pela União. Quando inaugurado, o hospital vai gerar 150 empregos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions