ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  28    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Dourados abre drive-thru e 3 postos para vacinar 5 mil acima de 29 amanhã

Nos bairros, vacinação será no Maracanã, Parque das Nações I e Parque do Lago II

Por Helio de Freitas, de Dourados | 16/07/2021 15:12
Funcionário da saúde prepara dose de vacina no drive-thru em Dourados (Foto: Divulgação)
Funcionário da saúde prepara dose de vacina no drive-thru em Dourados (Foto: Divulgação)

Com meta de vacinar cinco mil pessoas acima de 29 anos de idade contra a covid-19, a prefeitura vai colocar quatro pontos de imunização neste sábado (17) em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

A vacina estará disponível no drive-thru do Pavilhão de Eventos Dom Teodardo Leitz, na Rua Coronel Ponciano (ao lado do estádio Douradão), e nos postos de saúde do Jardim Maracanã (região norte), Parque das Nações I (região leste) e Parque do Lago II (região oeste).

No drive-thru, onde as pessoas são vacinadas sem precisar descer do carro, a imunização terá início às 9h e segue até todas as doses serem aplicadas.

Nos três postos, a aplicação começa às 8h e segue até 17h. É preciso documento com foto, CPF e comprovante de residência. Devido ao alto número de doses, a prefeitura informou que não existe necessidade de os moradores madrugarem na fila.

No Centro de Convivência do Idoso André Chamorro, na Rua Cafelândia (Jardim Água Boa) será aplicada a segunda dose da vacina Coronavac para quem tomou a primeira dose até o dia 19 de junho. Além de documento com foto, é preciso levar o cartão de vacinação contendo o comprovante da dose 1 e o CPF.

Segundo dados atuais do Vacinômetro, 164.810 douradenses já tomaram pelo menos uma dose de vacina. São 111.197 vacinados com a primeira dose, 12.486 com a Janssen (dose única) e 41.127 com as duas doses.

Efeito lockdown – Nesta sexta-feira, a prefeitura informou que 34 dias após o fim do Lockdown (de 30 de maio a 12 de junho), os dados referentes à covid-19 continuam melhorando em Dourados.

Levantamento produzido pela Vigilância Epidemiológica mostra que a média móvel de mortes passou de 5,2 para 1,57 – redução de 69,8%. Na primeira semana de restrições, o município registrou 37 óbitos. Na semana passada foram 10.

Os números também melhoraram na comparação com o primeiro período pós-lockdown. Logo após o fim da restrição, a média móvel de óbitos era de 2,14. De lá para cá, a redução foi de 26,6%. Depois das restrições mais rígidas, por oito dias não houve registro de mortos residentes de Dourados.

A média de novos casos saiu de 217 na primeira semana do início do lockdown para 54,5, redução de 74,8%. Entretanto, as notificações, de casos suspeitos tiveram aumento. Nas últimas duas semanas, passaram de média de 154 casos para 211.

Hoje, pela primeira vez após a redução da média de mortes, o boletim diário trouxe seis novos óbitos de moradores locais. Três mortes ocorreram entre os dias 14 e 15 e três no início do mês, que só agora foram confirmadas como covid-19. São 635 douradenses mortos pela covid-19 desde o primeiro óbito, em 26 de abril de 2020.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário