A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

20/03/2019 10:33

Enchente aumenta na fronteira e homem desaparece no Rio Paraguai

Imagens mostram bois sendo tocados em pastos alagados no lado paraguaio; homem morreu atingindo por um raio nesta manhã em Valemy, perto do município de Porto Murtinho

Helio de Freitas, de Dourados
Região de fronteira entre Paraguai e MS está inundada com cheia do Rio Paraguai (Foto: ABC Color)Região de fronteira entre Paraguai e MS está inundada com cheia do Rio Paraguai (Foto: ABC Color)

A chuva não dá trégua na Linha Internacional entre Mato Grosso do Sul e o Paraguai. Os rios Paraguai e Apa trasbordaram, famílias ribeirinhas ficaram desabrigadas e rebanhos bovinos estão sendo retirados das áreas mais críticas.

Nesta quarta-feira (20), o paraguaio Juan Nicolás Afuentes, 33, desapareceu nas águas do Rio Paraguai após a embarcação em que ele estava ser atingida por um raio.

O caso ocorreu no Rio Paraguai, no Porto Valemy, localidade paraguaia a poucos quilômetros do território sul-mato-grossense, no município de Porto Murtinho.

A região fica entre os rios Paraguai e Apa e sofre com as enchentes. O único meio de transporte são as embarcações. Imagens divulgadas em grupos de WhatsApp mostram rebanhos bovinos sendo retirados de fazendas localizadas nos arredores de Valemy.

De acordo com a Secretaria de Emergência Nacional, pelo menos 4.700 famílias já foram afetadas pelas enchentes em 13 cidades paraguaias, principalmente nos arredores da capital Assunción. O Rio Paraguai, que corta o país vizinho, está 3,52 metros acima do nível normal e deve chegar a 3,90 metros até o dia 25 deste mês.

Veja imagens de bois embaixo d’água na fronteira e do local onde homem desapareceu no rio:

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions