A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

08/08/2017 14:09

Escolas terão palestras sobre Lei Maria da Penha no “Agosto Lilás”

Trabalho de conscientização nas escolas tenta reduzir índices de violência contra mulheres; Dourados é segunda em casos no MS

Helio de Freitas, de Dourados
Prefeita Délia Razuk fala na abertura do “Agosto Lilás” (Foto: A. Frota/Divulgação)Prefeita Délia Razuk fala na abertura do “Agosto Lilás” (Foto: A. Frota/Divulgação)

Segunda colocada e Mato Grosso do Sul em casos de violência contra a mulher, a cidade de Dourados, a 233 km de Campo Grande, vai levar às escolas municipais palestras sobre a Lei Maria da Penha. O programa foi lançado hoje (8) pela prefeita Délia Razuk (PR), na abertura da ação “Agosto Lilás”.

Palestras, seminários e blitz educativa estão entre as ações programadas pela Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres e pela rede de enfrentamento à violência contra a mulher durante agosto e setembro.

“Nós mulheres sempre acabamos sofrendo uma discriminação ou outra. Lembro-me que enfrentei algumas situações na campanha”, afirmou a prefeita, sem citar detalhes.

Ela considerou preocupantes os índices de violência contra a mulher que colocam Dourados como segunda colocada em MS, superada apenas por Ponta Porã. “Os índices nos envergonham em Dourados, com número elevado de casos de violência contra as mulheres. Com esse trabalho de conscientização, vamos mudar essa história, envolvendo homens e mulheres”.

A titular da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), Paula Ribeiro dos Santos Oruê, fez palestra sobre a Lei Maria da Penha e defendeu debate permanente sobre o assunto.

“Apesar de a lei estar entre as três melhores legislações sob avaliação da ONU, ainda engatinhamos para fazê-la valer. É preciso trabalhar a conscientização com todos os públicos e, claro, as próprias mulheres, para que entendam as várias formas de violência e denunciem”, afirmou ela.

Escolas – De acordo com a coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres de Dourados, Sônia Maria Rodrigues Pimentel, a conscientização será destinada a alunos do 6° ao 9° ano da rede municipal de ensino.

As ações foram estendidas até setembro para atender o maior número possível das 45 escolas que funcionam na cidade, nos distritos e aldeias indígenas.

Escolas privadas, instituições religiosas e empresas também podem pedir a palestra, pelos telefones (67) 3411-7144 e (67) 984657786.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions