A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/11/2015 17:37

Governo espera levantamento de municípios para definir situação de emergência

Renata Volpe Haddad
Houve queda de granizo em Amambai durante a noite de ontem. Raios também atingiram o município, que contabiliza estragos de R$ 5 milhões. (Foto: Direto das Ruas)Houve queda de granizo em Amambai durante a noite de ontem. Raios também atingiram o município, que contabiliza estragos de R$ 5 milhões. (Foto: Direto das Ruas)

O Governo de Mato Grosso do Sul vai esperar o levantamento das situações de estragos nos municípios da região sul do Estado, para definir ou não, se decreta situação de emergência.

A decisão foi tomada durante reunião na manhã desta quarta-feira (25) com representantes de vários órgãos, como Agesul (Agencia Estadual de Gestão de Empreendimentos), Defesa Civil, Assomasul (Associação dos Municípios de MS) e, também, com o corpo jurídico do governo.

De acordo com o coordenador adjunto da Defesa Civil estadual, coronel Adriano Noleto Rampazo, cada município tem 10 dias para decretar a situação emergencial. "Equipes estão sendo enviadas para os municípios para analisar a situação, pois existem locais nas zonas rurais que estão limitados", comenta.

A princípio, os municípios que afirmaram decretar situação de emergência são: Amambai, Tacuru, Coronel Sapucaia e Iguatemi.

Com relação a Dourados, segundo o coordenador, a estrutura da defesa civil do município é boa. "Eles já devem estar providenciando as análises das situações por lá e vamos esperar para saber como estão as outras regiões para definir se o governo decreta ou não situação de emergência", alega.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions