ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  18    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Homem é preso com carga de cocaína que renderia R$ 2 milhões em São Paulo

Jaime Guilherme Insfran Moses foi preso por policiais rodoviários federais na BR-262

Por Helio de Freitas, de Dourados | 03/08/2021 17:49
Pacotes de pasta-base de cocaína apreendidos com douradense (Foto: Divulgação)
Pacotes de pasta-base de cocaína apreendidos com douradense (Foto: Divulgação)

O douradense Jaime Guilherme Insfran Moses, 29, foi preso nesta terça-feira (3) com 25 quilos de cocaína pura e 20 quilos de pasta-base da mesma droga na BR-262, no município de Água Clara. A droga estava sendo levada para São Paulo, onde renderia pelo menos R$ 2 milhões, levando em conta o valor da droga naquele Estado.

Morador no Jardim Clímax, bairro da região oeste de Dourados, Jaime foi preso por volta de 10h30 por policiais rodoviários federais transportando a droga em compartimento oculto em um Fiat Siena. A cocaína saiu de Dourados.

O Campo Grande News apurou que de toda a carga, cinco quilos de cocaína pura pertenciam a Jaime Moses e o restante ele estava transportando para outros fornecedores.

No Paraguai, o quilo de cocaína pura (cloridrato) é vendido por R$ 28 mil e chega por R$ 50 mil em São Paulo. Já a pasta-base, matéria-prima usada para fazer a cocaína refinada, vale em torno de R$ 18 mil em território paraguaio e chega a R$ 40 mil no estado paulista.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário