ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Mulher é agredida e estuprada por ex que invadiu casa para roubar botijão

Objeto furtado seria trocado por drogas; suspeito foi preso escondido embaixo de cama na casa da mãe

Por Ana Paula Chuva | 11/12/2023 15:09
Viatura com preso na pátio da Delegacia de Caarapó onde caso foi registrado (Foto: Divulgação | PCMS)
Viatura com preso na pátio da Delegacia de Caarapó onde caso foi registrado (Foto: Divulgação | PCMS)

Mulher de 30 anos procurou a Delegacia de Polícia Civil de Caarapó nesta segunda-feira (11) para denunciar o ex-companheiro de 35 anos por estupro e agressão. O caso aconteceu no domingo (10) na casa da vítima que fica na cidade a 274 quilômetros de Campo Grande. O suspeito teria entrado no local para furtar um botijão de gás.

À polícia, a mulher contou que chegou em casa e se deparou com o autor no local. Ele se negou a sair e então começou a agredi-la com socos e chutes e também foi esganada pelo homem que ligou o aparelho de som com volume alto para que ninguém escutasse os pedidos de socorro.

Em seguida, de acordo com o relato, o suspeito teria obrigado a vítima a manter relação sexual com ele mediante uso de violência. Em certo momento, ela conseguiu escapar, mas foi alcançada pelo homem que a arrastou pelos cabelos para dentro da casa.

O filho da vítima, adolescente de 14 anos, também estava na residência e se trancou dentro de um dos quartos para não ser agredido. Ele ligou para um familiar e pediu socorro. O autor estava solto há 10 dias após ter descumprido medida protetiva e conseguiu fugir quando a ajuda chegou.

Logo após a vítima procurar a delegacia, os policiais fizeram buscas e conseguiram encontrar o suspeito na casa de sua mãe. Ele se escondeu debaixo de uma cama, mas foi preso. Laudo comprovou que a vítima havia sido agredida, já o abuso sexual ainda está sendo apurado em exame específico.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias