ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, TERÇA  16    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Tiroteio entre traficantes deixa 2 mortos e 3 feridos em cidade da fronteira

Caso ocorreu ontem em San Alberto, no departamento de Alto Paraná, a menos de 140 km de MS

Helio de Freitas, de Dourados | 15/08/2022 12:15
Sidnei Gonçalves Leite, o “Amarelo”, um dos mortos em confronto entre traficantes (Foto: ABC Color)
Sidnei Gonçalves Leite, o “Amarelo”, um dos mortos em confronto entre traficantes (Foto: ABC Color)

Confronto entre supostos traficantes de drogas deixou dois mortos e três feridos na noite deste domingo em San Alberto, cidade paraguaia localizada no departamento de Alto Paraná.

A região fica próxima à Ciudad del Este (separada de Foz do Iguaçu pela Ponte da Amizade) e a menos de 150 km do território sul-mato-grossense. Assim como ocorre na faixa de fronteira com Mato Grosso do Sul, a área é dominada pelo crime organizado.

Segundo a Polícia Nacional, o confronto ocorreu perto do estádio municipal no bairro Buena Vista, logo após partida de futebol. Inicialmente, os policiais suspeitavam de atentado praticado por pistoleiros, mas depois, ao analisar a cena do crime, a conclusão é de que houve troca de tiros com vítimas dos dois lados.

Morreram no confronto os brasileiros Sidnei Gonçalves Leite, 31, o “Amarelo”, e Marcos Aurélio Bolela Gardin, 33. Os feridos foram identificados como Marcos Roberto dos Santos Corati, 30, Cleverson Gomes Ribeiro, 29, e Andrieli Grotti, 27, todos também brasileiros.

Em agosto de 2021, Sidnei Gonçalves Leite tinha escapado de atentado ocorrido em um cassino de San Alberto. Mesmo ferido com quatro tiros, “Amarelo” conseguiu sacar sua pistola e matar o atirador. O brasileiro seria o principal alvo do atentado de ontem e conseguiu reagir. Entretanto, dessa vez não conseguiu escapar com vida.

Nos siga no Google Notícias