A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

08/08/2017 17:22

UFGD faz acordo com acadêmicos e prédio da reitoria é desocupado

Helio de Freitas, de Dourados
Universitários desocuparam prédio da reitoria da UFGD às 17h de hoje (Foto: Direto das Ruas)Universitários desocuparam prédio da reitoria da UFGD às 17h de hoje (Foto: Direto das Ruas)

Após 22 horas de ocupação, pelo menos 200 acadêmicos dos cursos de licenciatura em educação do campo, ciências humanas e de ciências da natureza deixaram às 17h de hoje (8) o prédio da reitoria da UFGD em Dourados, a 233 km de Campo Grande.

De acordo com estudantes que participaram do movimento, representantes da reitoria se reuniram com os acadêmicos no início da tarde e prometeram tomar providências para viabilizar o alojamento dos alunos nas dependências do estádio Douradão e de abrir vagas para uma nova turma no vestibular deste ano.

Os alunos ocuparam o prédio ontem de manhã e passaram a noite nas dependências do antigo Ceud, onde ficam os gabinetes da reitora Liana Calarge, vice-reitor Márcio Eduardo de Barros e de outras pró-reitorias.

A assessoria de imprensa da Universidade Federal da Grande Dourados informou ao Campo Grande News que a nota oficial sobre o acordo entre a reitoria e os acadêmicos será divulgada apenas nesta quarta-feira (9).

Além da abertura de novas vagas para o curso de educação do campo, os acadêmicos reivindicam bolsa de assistência e comprometimento da reitoria em garantir transporte, alojamento, ciranda infantil e alimentação.

Em nota encaminhada ontem, o reitor em exercício Márcio Eduardo de Barros disse que a confirmação de todos os benefícios, bem como do processo seletivo vestibular, deve ocorrer somente após a aprovação do Ploa (Projeto da Lei Orçamentária Anual).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions