A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

16/01/2009 07:56

Mortalidade infantil será reduzida, promete União

Redação

O Brasil deve reduzir em dois terços os índices da mortalidade infantil até 2011.

A estimativa do Ministério da Saúde foi divulgada em nota de esclarecimento sobre os dados Relatório do Unicef 2009, "Situação Mundial da Infância 2009 - Saúde Materna e Neonatal".

Alcançada essa redução, o Brasil irá atingir uma das metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), quatro anos antes do prazo.

O relatório do Unicef revela que aproximadamente 99% das mortes no mundo decorrentes da gravidez e suas complicações ocorrem em países em desenvolvimento.

Segundo o ministério, a informações divulgadas pelo Unicef não são do mesmo banco de dados utilizados pelo governo brasileiro, a Rede Interagencial de Informações para a Saúde (RIPSA).

Conforme a nota, o próprio escritório do Unicef no Brasil confirmou que o Brasil tem tido avanços significativos e contínuos em sua política de redução da mortalidade infantil e materna.

Segundo o ministério, o Unicef confirmou que na próxima edição do relatório sobre a situação mundial da infância, os dados serão produzidos pela RIPSA.

Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
Autorização para psicólogos aplicarem terapia de reorientação sexual é mantida
O juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara Federal de Brasília, decidiu hoje (15) tornar definitiva a decisão liminar (provisória) que havia pr...
Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions