A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/02/2008 20:31

MS tem mais dois casos suspeitos de febre amarela

Redação

O boletim divulgado hoje pelo Ministério da Saúde sobre a situação da febre amarela no País relaciona oito casos notificados em Mato Grosso do Sul, com uma morte. Do total de registros, quatro são de casos confirmados, dois em investigação e dois descartados. 

A morte é a do empresário Nelson Machado, 44 anos, falecido na semana retrasada, depois de ficar internado no Hospital Universitário, em Campo Grande, vindo de Maracaju, provável local de contágio. Em relação a este caso, ainda falta a confirmação por um exame mais detalhado, que está sendo feito no Instituto Evandro Chagas, em Belém (PA). A sorologia, exame mais simples, confirmou a doença.  

Os dois casos que ainda estão sob suspeita não haviam sido divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde. Hoje, o órgão confirmou que o quarto caso de contágio da doença no Estado foi no município de Água Clara, envolvendo uma turista vinda de São Paulo, assim como já havia ocorrido com os outros três casos confirmados, de pessoas que vieram do Estado vizinho, para passear em Bonito.

Em todo o País, até agora foram 51 notificações de casos suspeitos de febre amarela silvestre, ou seja, contraídos em região de mata. Destes, vinte e cinco casos foram confirmados, 13 provocaram a morte da vítima, ou seja, metade dos doentes faleceu.  Outros 21 foram descartados para febre amarela e 5 permanecem em investigação desde o fim do ano passado, quando a doença ressurgiu.

Mato Grosso do Sul é o segundo estado em número de registros, atrás de Goiás, onde foram contaminadas 12 das 13 pessoas que morreram vítimas da doença desde dezembro.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions